(Superliga) UFJF faz grande jogo e ganha do Moda Maringá

Na partida de abertura da 7ª rodada da Superliga 2013/2014, a UFJF venceu o Moda Maringá por 3 sets a 1, parciais de 21/19, 10/21, 21/18 e 25/23, no ginásio da faculdade de educação física, em Juiz de Fora. Com o resultado, a equipe mineira soma agora sete pontos e, provisoriamente, está em sétimo na tabela, enquanto o time paranaense segue no quinto lugar, com 12 pontos.

A equipe mineira abriu o placar da partida no ataque do oposto De Paula, 1 a 0. Na sequência, as duas equipes se revezaram na liderança do placar até chegar ao primeiro tempo técnico, com o ponteiro Japa marcando o ponto para o UFJF, 7 a 6. Com dificuldade em confirmar o serviço, o time paranaense deixou a equipe da casa abrir dois pontos em 12 a 10. Após grande rally, erro do contra-ataque do UFJF, e o Moda Maringá igualou o placar em 12 a 12. Na sequência da parcial paranaenses e mineiros seguiram equilibrados em 17 a 17. No momento decisivo do set, dois erros do time do Paraná deixaram o UFJF com o set point, 20/18. E no erro de saque o central Acácio, o time da casa fecho o set em 21 a 19.

Após perder a primeira parcial, o Moda Maringá imprimiu um ritmo forte no início do segundo set e abriu 3/0, com um ace de Acácio. Com o bloqueio funcionando melhor, o time paranaense aumentou a vantagem em 6 a 1 e obrigou o técnico Chiquita, do UFJF, parar o jogo. Com o bloqueio duplo, o Moda Maringá chegou à segunda parada técnica do set com o dobro de pontos que o adversário, 14 a 7. No contra-ataque pela saída de rede, Lorena fez 17 a 9 para o Moda Maringá. E no ataque para fora de Hugo, o time do Paraná fechou o segundo set em 21 a 10.

Na abertura da terceira parcial, o UFJF saiu na frente com erro de saque de Quiroga, mas logo na sequência o time de Maringá fez quatro pontos seguidos, 4 a 1. Mas logo depois o time da casa conseguiu a recuperação e com Reffatti fez 4 a 4. O empate persistiu durante a primeira metade do set. Com Jardel no saque o time mineiro abriu dois pontos, 12 a 10. Na parada técnica, a vantagem se manteve a mesma, 14 a 12 para o UFJF. O time de Minas seguiu firme no bloqueio e no contra-ataque e se distanciou no placar, 17 a 12. Em seguida, com saque forte e bloqueio mais eficiente o Moda Maringá encostou no placar com ace de Renato, 19 a 17 para os donos da casa, que acabaram fechando o set em 21 a 18.

Precisando empatar a partida, o Moda Maringá iniciou o quarto set abrindo vantagem em 2 a 0. O UFJF conseguiu a recuperação e virou o placar em 5 a 3. A vantagem seguiu para o time mineiro até o bloqueio de Orestes, que conseguiu o empate para os paranaenses em 8 a 8. Na segunda parada técnica, Maringá voltou a abrir no ataque de Acácio, 14 a 12. Com ataque de fundo do Cléber, o Moda Maringá chegou a 17 a 14. Logo na sequência o time da casa encostou após erro de Lorena, e chegou a 17/16. No erro de ataque paranaense, mach point para o UFJF, 21 a 20. No bloqueio de Acácio a situação se inverteu, e o time de Maringá chega perto de fechar a parcial, 22 a 21. Com ataque para fora de Lorena, mais uma chance de encerrar a partida para a equipe mineira, que fechou o jogo em 25 a 23.

“Trabalhamos muito neste período e fomos coroados com os três pontos. O Moda Maringá é uma equipe muito forte, e é um adversário direto na luta pela vaga nos playoffs, nosso grande objetivo nesta temporada”, afirmou o central Jardel.

Equipes:

UFJF: Danilo Gelinski, De Paula, Japa, Reffatti, Jardel, Victor Hugo e Thales (libero)
entraram: Daniel, Gelli, Hugo e Ninão
Técnico: Chiquita

Moda Maringá: Ricardinho, Lorena, Quiroga, Renato, Acácio, Rafael e Dustin (líbero)
entraram: Thiago Gelinski, Najari, Renan, Cléber e Orestes
Técnico: Douglas Chiarotti

foto: Alexandre Arruda/CBV

Comentários