(Superliga) Brasil Kirin/Campinas visita o agora RJ Vôlei

Fechando a 8ª rodada da Superliga 2013/2014, o Brasil Kirin/Campinas encara o RJ Vôlei (ex-RJX), neste sábado, às 21h30min, no ginásio do Tijuca Tênis Clube. Com 13 pontos e ocupando a quarta posição, o time paulista tenta se aproximar dos líderes, enquanto a equipe carioca, que está em segundo lugar, com 18 pontos, tenta manter a invencibilidade em meio a situações extra quadra.

O Brasil Kirin/Campinas aproveitou a pausa na Copa dos Campeões para recuperar alguns jogadores lesionados, como o ponteiro João Paulo Tavares, que pode fazer sua estreia na Superliga. Além disso, o técnico Alexandre Rivetti trabalhou bastante alguns fundamentos que ainda podem ser melhorados, para dar ao time aquele algo a mais para alcançar as primeiras posições.

“Eles (RJ Vôlei) são favoritos por jogarem em casa e terem alguns atletas que estavam na seleção, mas tivemos uma semana boa de treinos e estamos preparados para fazer um grande jogo. Uma vitória será importante para nossa busca pelas primeiras posições”, afirmou o treinador Alexandre Rivetti.

“Será um jogo equilibrado. Nosso time trabalhou bem durante este mês sem jogos oficiais. É uma partida complicada para os dois lados, que vai ser decidida nos detalhes. Teremos que ser pacientes”, pediu o líbero Alan.

Na semana que passou, o RJX mudou de nome (RJ Vôlei) e perdeu jogador (o central Maurício foi para a Turquia), porém todos garantem que nenhum problema de patrocinador vai abalar o bom momento do time na Superliga. O técnico Marcelo Fronckowiak conta com um elenco de jogadores experientes e o momento é de ter tranquilidade e trabalhar o lado psicológico.

“Respeitamos o forte time do Brasil Kirin/Campinas, mas, jogando em casa, nosso objetivo é conquistar mais um resultado positivo e manter nossa invencibilidade na temporada (...) Tivemos alguns dias de descanso, mas depois voltamos aos treinos, e foi feita uma espécie de intertemporada, com ênfase nos trabalhos físicos e técnicos. Com o retorno do pessoal que estava na seleção, esses últimos dias foram dedicados à parte tática”, afirmou o oposto Leandro Vissotto.

Equipes:

RJ Vôlei: Bruninho, Vissotto, Thiago Alves, Thiago Sens, Ualás, Rodrigão e Mário Jr. (líbero)
Técnico: Marcelo Fronckowiak

Brasil Kirin/Campinas: Gustavão, Diogo, Rivaldo, Bravo, Rodriguinho, Vini e Alan (líbero)
Técnico: Alexandre Rivetti

foto: Brasil Kirin/Campinas/Divulgação

Comentários