Giba rescinde com Funvic/Taubaté para jogar nos Emirados Árabes

A diretoria da Funvic/Taubaté, através de nota oficial, informou que o ponteiro Giba não atua mais pelo clube nesta temporada. O jogador, que chegou ao time paulista no dia 14 de agosto e realizou apenas quatro partidas, rescindiu contrato devido a uma proposta do voleibol dos Emirados Árabes.

Assim que recebeu a sondagem do exterior, Giba comunicou o supervisor Ricardo Navajas, que só aceitaria a saída do atleta se a cláusula de rescisão fosse paga. Com tudo acertado, a diretoria da Funvic/Taubaté já busca um substituto de peso para a posição e pretende anunciar até a próxima segunda-feira.

Na Superliga 2013/2014, a Funvic/Taubaté aparece atualmente na 10ª posição, com três pontos, sendo uma vitória e cinco derrotas. No próximo dia 26, às 19h30min, a equipe do Vale do Paraíba encara o São Bernardo, no ginásio Adib Moyses Dib.

foto: Funvic/Taubaté/Divulgação

Comentários

  1. Que chato isso hein.
    Giba criou muita espectativa na torcida e no clube.
    Quando estava sem clube o Taubate serviu não é....

    ResponderExcluir
  2. Imagino que ele possa estar passando por problemas financeiros após a separação (não que esteja ficando pobre, mas seu padrão de vida pode ter caído).... E como está no "fim de carreira", ele quer fazer seu pezinho de meia... Não podemos julgar ele, mas é muito triste para o vôlei brasileiro e principalmente para os torcedores de Taubaté.

    ResponderExcluir
  3. Deve ter sido a visita que ele fez semana passada em Manaus onde a prefeitura quer montar uma equipe competitiva no ano que vem , acredito que seja uma ponte a saída dele . Todos tem o direito de escolher o q julga ser melhor , mas para um jogador que estava desacreditado , machucado e até mesmo pensando em aposentadoria . O Taubaté investe no profissional , dá tempo e esperança para uma torcida e cidade que termina nesse papelão . Que sirva de lição para a equipe procurar 2 à 3 jogadores bem fisicamente que possam terminar essa superliga bem , o Giba é espero sentiu a pressão de uma equipe que não está bem e que cairia nas costas dele .

    ResponderExcluir

Postar um comentário