(Paulista) Brasil Kirin e Sesi-SP fazem primeiro jogo da final neste domingo

Neste domingo, às 13h, Sesi-SP e Brasil Kirin/Campinas se enfrentam no ginásio da Vila Leopoldina, no primeiro jogo da decisão do Campeonato Paulista – divisão especial. Melhor campanha na fase classificatória, a equipe do técnico Alexandre Rivetti tem a vantagem de definir o duelo em casa, enquanto o time da capital vai em busca do tricampeonato estadual. A partida terá transmissão do Sportv.

Após a vitória sobre o Vivo/Minas, pela Superliga 2013/2014, o elenco do Brasil Kirin/Campinas está focado na decisão do Campeonato Paulista. A favor da equipe do técnico Alexandre Rivetti está o retrospecto na temporada, com 12 vitórias em 13 jogos, sendo que o time está invicto no Estadual. 

“Temos um adversário complicado pela frente, mas pelo que apresentamos durante toda a temporada e, especialmente, na partida contra o Vivo/Minas, podemos conseguir um grande resultado no primeiro jogo e trazer este título para Campinas”, afirmou o central André Heller.

“Esperamos um grande jogo. Vamos ser pressionados durante toda partida, na recepção e na virada de bola, pois nosso adversário é muito qualificado. O importante é manter a tranquilidade, ter a cabeça no lugar e aproveitar o momento de estar em uma final de campeonato”, disse o treinador Alexandre Rivetti.

Após dez jogos e apenas uma derrota (justamento para o Brasil Kirin/Campinas na fase de classificação), o Sesi-SP chega para a decisão buscando o inédito tricampeonato e o quarto título estadual ao todo. Embalado pela serie de vitórias na Superliga 2013/2014, onde está invicto, o time do técnico Marcos Pacheco tem alguns destaques individuais que vem fazendo a diferença, casos do central Lucão e do ponteiro Lucarelli.

“Já estamos pensando neles tem um tempo, sim. Não é nem na final exatamente, mas no Brasil Kirin mesmo, porque foi nossa única derrota na temporada. O Sesi-SP foi feito para ganhar e vamos entrar para ganhar. Já estar numa final é a principal motivação, mas sendo eles do outro lado, tem uma diferença também”, afirmou o oposto Evandro.

“O Sesi-SP tem grandes personagens, talentosos, com grandes conquistas. Buscamos nesse momento transformar isso num time coeso, competitivo, que joga dentro dos seus limites e virtudes, minimizando as ações do adversário. Não é de uma hora para outra. Tem de evoluir ainda, tem coisas para melhorar, mas o time chega muito bem para a final. Temos confiança e estamos num momento muito bom”, declarou Marcos Pacheco.

Equipes:

Sesi-SP: Sandro, Evandro Guerra; Lucarelli, Ary; Lucão, Sidão; Serginho (líbero)
Técnico: Marcos Pacheco

Brasil Kirin/Campinas: Rodriguinho, Rivaldo, João Paulo Bravo, Diogo, Vini, Gustavão e Alan (líbero)
Técnico: Alexandre Rivetti

foto: Brasil Kirin/Campinas/Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fabiano Magoo convoca jogadores para a Seleção Brasileira Sub-19

Apan/Blumenau contrata Thiago Alves e confirma sete renovações

CBV divulga tabela oficial da Superliga B com estreia no dia 24 de janeiro