Giba admite se aposentar caso não acerte com algum clube brasileiro

Um dos jogadores mais vitoriosos do Brasil vive uma situação no mínimo delicada na carreira. O ponteiro Giba, que na temporada passada defendeu o Personal/Bolivar, da Argentina, ainda não acertou com nenhum clube para disputar a Superliga e pensa até em se aposentar caso não tenha equipe para atuar no país. O jogador recebeu propostas do exterior, mas não tem interesse, pois pretende ficar perto dos filhos.

“Sem time, me aposento. Sem saudades, com o papel cumprido. Eu sei que tudo que eu podia fazer, dei meu 100% todo dia durante esses 20 anos”, declarou Giba, em entrevista ao Esporte Espetacular, da Rede Globo.

Segundo informações do jornalista Daniel Bortoletto, do jornal Lance, o ponteiro de 36 anos deve se reunir com a diretoria do Volta Redonda. O clube carioca, que conseguiu na justiça uma limitar para disputar a Superliga 2013/2014, tentaria através de ações de marketing a buscar de investidores para a equipe. Giba chegou a negociar com o RJX, porém o corte no orçamento da equipe impossibilitou a assinatura de contrato.

Além do Volta Redonda, outros clubes brasileiros olham com atenção a situação de Giba, que até pensa em atuar no vôlei de praia. No momento, poucas equipes ainda não fecharam seus elencos, como o Vivo/Minas, que conhece o jogador e tem pessoas interessadas no retorno dele a Belo Horizonte.

foto: Alexandre Arruda/CBV

Comentários

Postar um comentário