(Liga Mundial) França joga melhor e quebra invencibilidade brasileira

Depois de cinco vitórias nos cinco primeiros jogos, a Seleção Brasileira acabou perdendo para a França por 3 sets a 1, parciais de 27/29, 25/23, 22/25 e 19/25, neste sábado, no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. Apesar do revés, que acabou com sua invencibilidade, o Brasil se manteve na liderança do Grupo A da Liga Mundial, com 13 pontos. Estados Unidos e Bulgária dividem a segunda posição, com 11 cada. Já os franceses chegaram a dez e continuam na briga pela classificação para a fase final.

O central Lucão abriu o placar do jogo a favor do Brasil. O Brasil seguiu no comando do placar e, no ace do levantador Bruno, fez 6 a 4. A França reagiu e deixou o jogo igual em oito pontos. No erro de ataque do time brasileiro, os franceses passaram a frente (10 a 9). Após bom saque do ponteiro Dante, Eder, de bloqueio, levou o Brasil ao empate em 14 a 14. A parcial seguiu equilibrada, com as equipes trocando pontos. No bloqueio, a França abriu dois de vantagem (22 a 20) e Bernardinho pediu tempo. Na volta, o central Le Roux marcou direto de saque e o técnico brasileiro parou o jogo novamente. A equipe francesa fez 24 a 21 e com bons saques do levantador William, o Brasil encostou em 23 a 24. Lucão bloqueou e deixou tudo igual em 24 pontos. O final do set foi disputado e, no bloqueio de Le Roux, a seleção da França venceu por 29 a 27.

O segundo set começou melhor para o Brasil, que fez 3 a 1. Demonstrando muita vontade e disposição, a seleção verde e amarela chegou ao primeiro tempo técnico com dois pontos de vantagem: 8 a 6. No bloqueio de Dante, a diferença a favor do Brasil aumentou para 11 a 8. A partir daí, então, foi o momento da França e os adversários chegaram ao empate em 12 pontos. Assim comono primeiro, o segundo set também seguiu bem disputado. Com Leandro Vissotto, que havia entrado um pouco antes, o Brasil deixou tudo igual no marcador: 19 a 19. Após um bonito ponto, quando William buscou a bola no banco de reservas, Vissotto atacou e levou o Brasil a 21 a 20. E, contando com o apoio da torcida, o time da casa fechou em 25 a 23.

Lucão fez um bonito bloqueio individual e tirou a vantagem adversária, deixando o placar igual em 4 a 4. Mas a França buscou, passou a frente e colocou três de vantagem (9 a 6). No bloqueio de Hardy-Dessources, o time visitante fez 14 a 10. Com dois pontos de saque do central Lucão, o Brasil encostou em 13 a 14 e o técnico francês pediu tempo. O set seguiu equilibrado, com pequena vantagem do time francês (23 a 22). No final, melhor para a França, que venceu por 25 a 22.

A derrota no set anterior não abateu a seleção brasileira, que entrou na quarta parcial melhor e com vantagem de 4 a 2. A França tomou a liderança do placar, mas Lucão, no bloqueio individual, fez 7 a 6. Lucarelli apareceu bem no ataque e ajudou o time do Brasil a colocar dois de vantagem em 10 a 8. A França virou e com bom desempenho do ponteiro Ngapeth, fez 12 a 10. A diferença a favor da seleção visitante aumentou ainda mais: 15 a 11. O Brasil reduziu a vantagem adversária (16 a 18) e o técnico da França pediu tempo. A equipe visitante voltou com melhor e impôs boa vantagem ao fazer 23 a 18. No final, melhor para os franceses, que venceram por 25 a 19.

Na próxima rodada, a Seleção Brasileira fará dois duelos contra a Bulgária, ambos no ginásio Nilson Nelson, em Brasília. O primeiro confronto acontecerá na próxima sexta-feira, dia 5, às 10h. O segundo, no sábado, dia 6, às 10h10min. Ambos terão transmissão da TV Globo e do Esporte Interativo.

Equipes:

Brasil: Bruninho, Wallace, Lucão, Eder, Dante, Lucarelli e Mário Jr. (líbero)
entraram: William, Maurício, Leandro Vissotto e Maurício
Técnico: Bernardinho

França: Toniutti, Sidibe, Le Roux, Hardy-Dessources, Ngapeth Lyneel e Grebennikov,(líbero)
entraram: Moreau e Rafael
Técnico: Laurent Tillie

foto: FIVB/Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Fabiano Magoo convoca jogadores para a Seleção Brasileira Sub-19

Apan/Blumenau contrata Thiago Alves e confirma sete renovações