(Supercopa BB – etapa Amazônia) Seis equipes disputam última vaga na fase final

Amazonas, Acre, Amapá, Roraima, Rondônia e Pará são os estados da região Norte que se encontrarão em Manaus, a partir desta quarta-feira, para disputar a última etapa regional da Supercopa Banco do Brasil. Batizada com o nome da maior floresta tropical do mundo, a etapa Amazônia, que terá jogos no ginásio Rene Monteiro, encerra a fase classificatória do torneio. 

O Manaus Esporte Clube/Nilton Lins é o responsável por representar o estado-sede da etapa. A equipe é formada por atletas que participam dos centros esportivos da periferia da cidade e tem como destaque André Santos, que já esteve na Seleção Brasileira. Pelo Amapá, o Zona Sul, que já disputou a última Liga Nacional, tem como sonho chegar a uma Superliga B.

“O André é um super atleta. Em 1990 ele jogou na seleção brasileira, após foi para uma temporada na Europa e há dois anos retornou para Manaus. Aproveitamos este retorno e convidamos ele para a delegação amazonense”, comentou a técnica Lilan Valente, do Manaus Esporte Clube.

“Estamos treinando muito para a Supercopa e temos o projeto audacioso de chegar à Superliga B. Minha equipe é aguerrida e está indo com sede de vitória”, afirmou o técnico do Zona Sul, Alaor Fonseca, que também é presidente da Federação Amapense de Voleibol.

A equipe 9 de Julho Esporte Clube, que representa Roraima, tem atletas cuja faixa etária é de 27 anos e a expectativa é de fazer um bom torneio. Já a Escola Superior Madre Celeste (ESMAC), que representa o Pará, tem como principal objetivo mostrar o voleibol local nacionalmente. Enquanto o representante do Acre é o Atlético Clube Juventus, um estreante com pinta de que veio para ficar.

“Conhecemos o time do Amapá e eles são muito bons, e o Pará deve vir com uma equipe bem forte. Estamos indo a Manaus com o objetivo de ficar entre os três primeiros colocados”, destacou o treinador do 9 de Julho, Francisco Jadson.

“Minha equipe é uma equipe vencedora, que joga para vencer. Valorizamos muito nosso espaço no vôlei e estamos indo para o torneio com a vontade de conquistar este título”, disse a comandante da ESMAC, Socorro Farias.

Se existe uma equipe considerada favorita podemos apontar a Associação São Lucas, de Rondônia, que foi vice-campeã brasileira universitária e fez uma boa Liga Nacional. A equipe contratou reforços vindos de Manaus, mas tem uma base forte que ficou da temporada passada.

“Temos boas opções no banco e temos participado de algumas competições. Acredito que podemos ficar entre os primeiros colocados”, disse o técnico Agenor Fernandes.

Quem for o campeão da etapa Amazônia garante vaga na fase final da Supercopa Banco do Brasil, que ocorre de 18 a 23 de junho, em Brasília. Já estão classificados o Monte Cristo (etapa Cerrado), o Vitória/FSBA (etapa Litoral), a Unifor (etapa Dunas), o Botafogo (etapa Mata Atlântica) e a Aprov/Unoesc (etapa Pampas).

Confira a tabela da etapa Amazônia:

29/05 (quarta-feira)
15h- Esmac x Associação Zona Sul de Macapá
17h- Associação São Lucas x 9 de Julho
19h- Manaus Esporte Clube x Juventus

30/05 (quinta-feira)
15h- Esmac x Associação São Lucas
17h- Associação Zona Sul de Macapá x Juventus
19h- Manaus Esporte Clube x 9 de Julho

31/05 (sexta-feira)
15h- Esmac x Juventus
17h- Associação Zona Sul de Macapá x 9 de Julho
19h- Manaus Esporte Clube x Associação São Lucas

01/06 (sábado)
15h- Associação São Lucas x Juventus
17h- Esmac x 9 de Julho
19h- Manaus Esporte Clube x Associação Zona Sul de Macapá

02/06 (domingo)
15h- Associação Zona Sul de Macapá x Associação São Lucas
17h- 9 de Julho x Juventus
19h- Manaus Esporte Clube x Esmac

foto: Divulgação

Comentários