Conhecendo os times da Superliga B: Monte Cristo (GO)

Única equipe fora do eixo sul-sudeste, o ALFA/Monte Cristo chega a Superliga B com o rótulo de principal time do centro-oeste no momento. Com um projeto sólido, desenvolvido pelo técnico Paulo Martins, o clube busca reconhecimento nacional para crescer ainda mais, conquistando torcedores e patrocinadores. Em 2012, os goianos foram campeões da fase regional da Liga Nacional, além disso, foi semifinalista da fase final do torneio e dos Jogos Universitários Brasileiros.

O elenco ainda não está completo, pois a intenção é contratar pelo menos oito reforços, já que atualmente onze jogadores treinam para a Superliga B. O central Legran, o ponteiro Ricardo (ex-Funvic/Midia Fone) e o levantador Fabiano (ex-São José dos Campos) são alguns destaques da equipe, que em sua maioria é formada por atletas da própria região.

“Para esse campeonato nacional às vezes é bom trazer jogadores mais experientes, que vêm de fora, que já rodaram no voleibol nacional”, comentou o levantador Fabiano.

Fora das quadras, o técnico Paulo Martins tenta encontrar mais apoiadores ao projeto, pois além de trazer reforços, existem as despesas da equipe durante as quatro etapas da fase classificatória. Nos bastidores se fala que o ex- treinador Carlos Alberto Villar Castanheira, o Cebola, possa virar uma espécie de consultor e ajudar na busca por investidores.

“O projeto está em aberto com investidores, é um projeto que está tendo exposição legal, um trabalho sério, e estamos vivendo uma viagem a cada vez. Na primeira fase vamos viajar três vezes e em uma rodada Goiânia vai ser sede, estamos pensando em uma etapa de cada vez, queremos pagar e honrar com todas as despesas do projeto”, declarou o treinador Paulo Martins, em entrevista ao jornal O Popular.

O Alfa/Monte Cristo está no Grupo A junto com Aprov/Unoesc/Chapecó, Climed/Atibaia e Brasil (RJ). A estreia ocorre no dia 18 de janeiro, às 18h, diante do time carioca, que é formado por jogadores da Seleção Brasileira Juvenil, no ginásio do Elefantão.

foto: Wildes Barbosa/O Popular

Comentários