(Superliga) Vivo/Minas e Super Imperatriz fazem jogo de recuperação na Arena

A segunda rodada da Superliga 2012/2013 começa nesta quinta-feira, às 19h30min, quando o Vivo/Minas recebe o Super Imperatriz/Florianópolis, na Arena. Os dois times vem de derrota na estreia, sendo que os comandados de Horácio Dileo perderam em casa para o Sada/Cruzeiro, enquanto os catarinenses foram derrotados pelo Móveis Kappesberg/Canoas, no Rio Grande do Sul.

No Vivo/Minas, o treinador argentino garante que a derrota no clássico já ficou no passado e que todos do elenco estão focados na partida contra o Super Imperatriz. O oposto tcheco Filip, que está em fase final de recuperação de lesão na coxa direita, e o ponteiro Rodrigo Quiroga, que passou por cirurgia de menisco no joelho direito, continuam fora da equipe.

“Já esquecemos o último jogo. Não adianta ficarmos lamentando, perdemos o jogo, mas o campeonato continua. Estamos focados no próximo desafio e sabemos da importância da vitória. O time quer se recuperar e vamos para cima do adversário buscar o resultado positivo. Sabemos das qualidades deles, respeitamos os profissionais de lá, mas vamos entrar em quadra para vencer”, destacou o técnico Horácio Dileo.

“Temos que melhorar o nosso saque e o passe. Erramos muito ao iniciar uma jogada e a nossa recepção também falhou. Precisamos colocar a bola nas mãos do Marcelinho com mais qualidade. Se acertamos isso, faremos um jogo melhor e conquistaremos a vitória” comentou o ponteiro Lucas Lóh.

Assim como os mineiros, a derrota na estreia também foi superada pelo elenco do Super Imperatriz. O técnico Douglas Chiarrotti sabe que o time teve uma queda de rendimento no primeiro jogo, principalmente por causa da ansiedade de alguns jogadores. Além disso, o comandante espera um maior entrosamento do levantador Gelinski com o oposto Bob, que chegou recentemente ao clube.

“Já não teremos mais a ansiedade da estreia e a evolução deve acontecer com o passar das partidas. Nosso entrosamento está acontecendo. Estamos focados em trazer bons resultados para casa”, afirmou o ponteiro Léo.

“Mesmo com dois desfalques por lesão (Filip e Quiroga), o Vivo/Minas é sempre um adversário difícil por toda a tradição, ainda mais jogando com o apoio da torcida. Já o Sada é o atual campeão da Superliga e acabou de conquistar o vice-campeonato Mundial”, destacou o central Renato Felizardo.

Equipes:

Vivo/Minas: Marcelinho, Lucas Lóh, Lucarelli, Michel, Otávio, Henrique e Lukinha (líbero)
Técnico: Horácio Dileo

Super Imperatriz/Florianópolis: Gelinski, Bob, Renato Felizardo, Bernardo, Dirceu, Léo e Thales (líbero)
Técnico: Douglas Chiarotti

foto: divulgação

Comentários