Clube do Remo busca alternativas para jogar a 2ª edição da Superliga B

Em quadra, o Clube do Remo conquistou nesta temporada o primeiro turno do Campeonato Paraense, de forma invicta, após vencer o Santa Isabel. Entretanto, fora dela, a dificuldade que os dirigentes encontram para conseguir patrocinador é tamanha que a equipe corre o risco de não disputar a 2ª edição da Superliga B, com início previsto para janeiro.

”Estamos procurando patrocínio ainda. Se não tiver, vai ser difícil de participar (...) Estamos tentando com uma empresa de tintas e um grupo forte de supermercado, mas até agora eles não deram sinal verde”, disse o vice-presidente de esportes olímpicos do clube, Max Fernandes, em entrevista ao jornal O Povo.

Assim como ocorre com o Clube do Remo, o Sport Recife também corre em busca de patrocinadores para assegurar sua vaga na Superliga B. Entretanto, a Confederação Brasileira de Vôlei já teria dois clubes avisados que podem disputar a segunda divisão em caso de desistência.

foto: divulgação

Comentários

  1. espero que o maior clube do norte não deixe de participar dessa importante competição do vôlei nacional!!!!!!!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário