(Paulista) Com ‘sangue no olho’, Sesi-SP vence Medley/Campinas e iguala tudo

O Sesi-SP entrou em quadra neste sábado, no ginásio da Vila Leopoldina, disposto a impedir a festa da Medley/Campinas. Mostrando muita disposição e um espírito bastante aguerrido, a equipe da casa fez 3 sets a 0, parciais de 25/21, 25/19 e 25/21, empatando assim a decisão do Campeonato Paulista. Agora, os dois clubes voltam a se enfrentar na segunda-feira, às 18h30min, novamente na capital.

Desde o início da partida, o que se via era o Sesi-SP forçando bastante o saque e tendo êxito neste fundamento, principalmente com o central Eder, que ajudou o time a chegar a 8 a 4 na primeira parada técnica. A Medley/Campinas reagiu, com destaque para o oposto Rivaldo, porém com Murilo bem no ataque e Serginho espetacular na defesa, a equipe da casa abriu 14 a 9. No final,o oposto Lorena desequilibrou no saque e com ponto de Sidão, os paulistanos fecharam em 25 a 21.

Assim como no set anterior, o Sesi-SP voltou a forçar o saque, mas quem fazia a diferença eram Murilo e Cleber no ataque. Na primeira parada técnica: 8 a 4 a favor do time da casa, que via a Medley/Campinas perdida em quadra e aproveitava para abrir vantagem, chegando a 12 a 6. Mesmo com algumas alterações, a equipe do interior não conseguia equilibrar o jogo, tanto que acabou perdendo por 25 a 19.

Logo no início do terceiro set ocorreu algo que não se espera em uma decisão, pois o Sesi-SP abriu 6 a 0 no placar. A Medley/Campinas tentava reagir, principalmente com o central Gustavão, tanto no ataque quanto no bloqueio, mas o time paulistano dominava completamente o duelo. Quando o marcador ficou 19 a 10 era apenas questão de tempo para que os comandados de Giovane Gavio fechassem em 25 a 21.

“Todo mundo sabe que nós erramos no primeiro jogo. O mínimo que nós tínhamos de fazer era jogar vôlei. Estávamos todos focados, fizemos uma partida maravilhosa. Nunca vi esse grupo jogar assim. Então, estou muito feliz. Demos a prova de que viemos aqui para jogar bola”, disse o oposto Lorena.

“O Sesi-SP fez excelente partida e conseguiu neutralizar nossas principais armas. Agora precisamos rever nossa tática e estratégia para que isso não aconteça novamente”, sintetizou o central André Heller.

Equipes:

Medley/Campinas: Rodriguinho, Gustavão, Rivaldo, Renato Russomano, Diogo, André Heller e Alan (líbero)
Técnico: Marcos Pacheco

Sesi-SP: Murilo, Sandro, Sidão, Lorena, Éder, Cleber e Serginho (líbero).
Técnico: Giovane Gávio

foto: divulgação

Comentários