Volta Redonda volta de amistosos na Argentina com troféu da Copa San Juan

Na semana passada, o Volta Redonda realizou uma serie de jogos contra o UPCN Voley, atual campeão argentino, e mesmo com duas derrotas na bagagem, a equipe carioca saiu do país vizinho mostrando que tem potencial para fazer um bom Campeonato Carioca e conseguir ingressar nos playoffs da próxima Superliga.

“Enfrentarmos uma equipe qualificada, que é bicampeã argentina, e tivemos ótimos resultados. Além da experiência em jogos internacionais, esse grupo ganhou ritmo, força e confiança. Estamos no caminho certo e esperamos fazer uma Superliga ainda melhor nessa temporada”, disse o técnico Alessandro Fadul.

Nos dois primeiros amistosos, os Gigantes do Aço perderam por 3 sets a 2 e 3 sets a 0, porém na sequência venceram as duas partidas restantes por 3 sets a 1, conquistando assim o troféu da Copa San Juan. Voltaço e UPCN Voley voltarão a se enfrentar em setembro, pois os times participam da Copa Volta Redonda, que acontecerá no ginásio Ilha São João entre os dias 13 e 15.

Antes da Copa Volta Redonda, os cariocas tem pela frente a sequência do Intermunicipal Rio Sul, quando nesta quarta-feira, às 20h, encara Resende, no ginásio do Colégio Salesiano. Os Gigantes do Aço lideram a competição com seis pontos, após vencerem Barra Mansa e Queimados. Para completar a preparação da equipe para o Estadual e a Superliga, que deve iniciar no final de outubro, o Volta Redonda disputa no dia 6 de setembro, às 19h, um amistoso contra os japoneses do Panasonic Panthers, no ginásio da Ilha São João.

Fora de quadra, a diretoria do Voltaço não conseguiu manter o ponteiro Rafael Batista da Silva, que tem apenas 20 anos. O jogador irá jogar a próxima temporada no AZS Olsztyn, da Polônia.

foto: UPCN/Divulgação

Comentários