Com quatro clubes na disputa, Amapá quer fazer bonito na Liga Nacional

Enquanto o Clube do Remo é o único representante da região norte na Superliga B, a Liga Nacional 2012 tem o Grupo I (que contempla AM, AC, RR, RO, PA, TO e AP) o maior número de inscritos entre todas as chaves na fase regional. Nesta edição, a cidade de Macapá será sede e a federação local se movimenta em torno da competição.

Dos seis times que estavam inscritos pelo Amapá, quatro foram confirmados, sendo eles: Norte Vôlei Amapá Tornedoras, Guarany Atlético Clube, Placa Esporte Clube e Associação Desportiva da Zona Sul Esporte Clube. Mesmo com todas as dificuldades, principalmente pela falta de apoio, as equipes locais contam com o torcedor para tentar derrubar o favoritismo do Atlético Rio Negro, do Amazonas.

“Para essa fase que será realizada aqui em Macapá contamos com o apoio da Secretaria de Desporto e Lazer (Sedel) através do Governo do Estado do Amapá, infelizmente ainda não é o que queríamos oferecer para as equipes que virão de fora, mas fizemos o possível e iremos recepcioná-los da melhor forma (...) Estamos otimistas para realizarmos um bom evento e que a equipe campeã da nossa região possa ir a fase final e fazer uma ótima participação, porque todos nós temos dificuldades”, declarou o presidente da Federação Amapaense de Voleibol, Alaor Fonseca, que explicou a dificuldade da região de conseguir patrocinadores.

“Sempre é complicado para nós que fazemos parte do esporte amador, pois dependemos de patrocínios e na nossa região é sempre difícil ter apoio. Dessa forma o Governo do Estado nos ajuda com um convênio, mas que muito das vezes não é o suficiente para o calendário de eventos que temos, e que praticamente é direcionado para o pagamento da arbitragem nos torneios e campeonatos realizados”, disse o dirigente.

foto: Divulgação

Comentários