(Superliga) RJX quer encerrar serie contra o Sesi-SP no Maracanãzinho

RJX e Sesi-SP fizeram um grande duelo no ginásio da Vila Leopoldina e não se espera nada diferente neste sábado, às 12h, no Maracanãzinho. Os cariocas podem garantir a vaga nas semifinais da Superliga 2011/2012 com uma vitória, enquanto os paulistas necessitam do resultado positivo para se manterem vivos na serie e continuarem na luta pelo bicampeonato. 

Mesmo com a vantagem na serie melhor de três, o elenco do RJX segue concentrado para o segundo duelo. Assim como ocorreu antes do início dos playoffs, o técnico Marcos Miranda tratou de trabalhar forte alguns fundamentos com os jogadores, principalmente o saque, que pode ser o diferencial do duelo. 

“A vitória que nós tivemos lá foi importante por vários fatores. Ter vencido fora de casa e ter a oportunidade de decidir a nosso favor aqui, foi um deles. E todo mundo sabe que nós fizemos uma campanha muito irregular na Superliga. Acho que faltava essa moral para nós, de ter uma vitoria assim e principalmente nas quartas de final contra o Sesi-SP (...) Nos momentos de adversidades , onde nós estávamos com a moral baixa e acumulando derrotas, principalmente no primeiro turno, eles (torcedores) compareceram. Eu tenho certeza que agora nas quartas de final, onde nós podemos decidir em casa, a torcida será muito importante”, declarou o central Riad. 

“Claro que respeitamos muito o Sesi-SP, mas chegamos a São Paulo prontos para o desafio. O resultado favorável não foi surpresa, não pra nossa equipe, que se preparou e se concentrou para aquele jogo (...) Voltamos para Saquarema na terça-feira e ficamos concentrados lá até ontem, quinta. Treinamos forte, em cima de nossas deficiências e também focados nas eficiências do adversário”, explicou o treinador Marcão. 

No Sesi-SP, o técnico Giovane Gávio passou a semana inteira trabalhando a cabeça dos jogadores para o duelo. O comandante sabe que o oposto Wallace ainda está fora de ritmo, mas acredita que o último jogo mostrou o quanto ele pode crescer nos momentos decisivos. Além disso, a experiente de Murilo e Serginho pode diminuir a pressão que ocorrerá do torcedor nas arquibancadas. 

“Estamos vivendo uma situação muito parecida com a que vivemos no ano passado, quando perdemos a primeira num playoff (contra o Vivo/Minas) e, mesmo assim, fomos campeões. Essa experiência ajuda a não deixarmos a derrota sofrida nos abalar”, lembrou o líbero Serginho. 

“O primeiro jogo foi muito equilibrado e acabamos perdendo no tie-break por 16 a 14. Sabemos que nossa tarefa ficou mais difícil, mas assim como eles ganharam em São Paulo nós temos todas as condições de vencer amanhã (sábado) no Rio e provocar o terceiro jogo”, declarou o central Rodrigão. 

“É ir com tudo, é o jogo da nossa vida. Temos que gastar tudo o que podemos nessa partida. Estamos confiantes e queremos defender nosso título do ano passado. Do outro lado, teremos uma grande equipe, com a mesma vontade de vencer e fechar o playoff já nesse segundo jogo. Se queremos o bicampeonato da Superliga, temos que usar o lado positivo de qualquer pressão e colocá-la a nosso favor”disse o levantador Sandro. 

Equipes: 

RJX: Marlon, Theo, Lipe, Dante, Lucão, Riad e Alan (líbero)
Técnico: Marcos Miranda 

Sesi-SP: Sandro, Wallace, Murilo, Léo Mineiro, Sidão, Thiago Barth e Serginho (líbero)
Técnico: Giovane Gávio 

Foto: RJX/Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fabiano Magoo convoca jogadores para a Seleção Brasileira Sub-19

Apan/Blumenau contrata Thiago Alves e confirma sete renovações

CBV divulga tabela oficial da Superliga B com estreia no dia 24 de janeiro