(Superliga) RJX ganha do Sesi-SP e é o primeiro semifinalista

No ginásio do Maracanãzinho, o RJX enfrentou o Sesi-SP e conquistou a vitória por 3 sets a 2, parciais de 26/24, 18/25, 25/14, 24/26 e 15/12. Com o resultado, os cariocas, que já haviam vencido na Vila Leopoldina, fecharam a serie em 2 a 0 e se classificaram para as semifinais da Superliga 2011/2012, onde enfrentarão o ganhador do confronto entre Vôlei Futuro e Medley/Campinas. 

O primeiro set iniciou com os dois clubes forçando bastante o saque e tentando errar o menos possível nos ataques. Na primeira parada técnica, o RJX estava na frente com 8 a 7, com destaque para o oposto Theo, principal pontuador do time. O Sesi-SP conseguiu virar o placar quando Wallace foi mais acionado, mesmo não estando 100% recuperado das lesões nos joelhos. Com 18 a 15 no marcador, os paulistas tinham tudo para vencer o período, mas foi o momento de Lucão aparecer, tanto no bloqueio, no saque o no ataque. No final, bloqueio triplo em Wallace e 26 a 24. 

O Sesi-SP entrou no segundo set sabendo da importância de vencer e logo de cara, com Diogo no lugar de Léo Mineiro, o time foi pra cima com bons saques e impondo 8 a 4 na primeira parada técnica. Mesmo com Wallace demonstrando visivelmente que sentia dores, os paulistas conseguiram manter a vantagem, pois o RJX errava bastante, principalmente na virada de bola. Com 16 a 10 no placar, os comandados de Giovane Gávio foram ponto a ponto chegando ao final do set para vencer por 25 a 18 após uma diagonal curta de Murilo. 

Se todos esperavam um terceiro set bem equilibrado, não foi isso que aconteceu. O RJX entrou com força total e com Lucão sacando demais abriu 8 a 5 e na sequência já tinha vantagem de 13 a 6. Os cariocas não davam chance de recuperação para o Sesi-SP, que mesmo com Rodrigão em quadra, não conseguia encontrar o seu voleibol. No final, o período acabou sendo fácil para os donos da casa, com vitória de 25 a 14. 

O quarto set, diferente do anterior, foi disputado até o último segundo. O RJX saiu na frente com 8 a 7 na primeira parada técnica. Entretanto, o Sesi-SP não deixava os cariocas abrirem vantagem, tanto que a segunda parada técnica mostrava os paulistas com apenas dois pontos atrás do placar: 16 a 14. Quando o bloqueio dos visitantes apareceu com Juninho e Sidão, o marcador apresentava 22 a 19, mas a diferença caiu, quando Lucão surgiu no 24 a 24. No final, Murilo foi o cara da segurança e Sidão, com um ótimo saque fez 26 a 24. 

O tie-break iniciou com Wallace fora de combate e Juninho iniciando como titular. O ponteiro Lipe foi bastante acionado por Marlon, o que deu vantagem ao RJX que saiu na frente com 8 a 7. O Sesi-SP tinha em Murilo seu principal jogador, além de Rodrigão, que entrou para garantir mais experiência em quadra. Dante e Diogo estavam bem marcados pelos bloqueios quando o placar era de 10 a 8 para os cariocas. No final, Japa e Jotinha entraram na equipe paulista, porém a mudança não surtiu efeito e a vitória foi dos comandados de Marcos Miranda por 15 a 12, no ponto de Theo. 

Equipes: 

RJX: Marlon, Theo, Lipe, Dante, Lucão, Riad e Alan (líbero)
Técnico: Marcos Miranda 

Sesi-SP: Sandro, Wallace, Murilo, Léo Mineiro, Sidão, Thiago Barth e Serginho (líbero)
Técnico: Giovane Gávio 

foto: André Portugal/VIPCOMM

Comentários