(Superliga) Em Belo Horizonte, Cimed/Sky busca vaga contra o Vivo/Minas

Nesta sexta-feira, às 21h, a Cimed/Sky vai até Belo Horizonte encarar o Vivo/Minas, na Arena, na partida que considera o ‘jogo para a classificação’. Como venceu o primeiro duelo no Capoeirão, o time de Florianópolis, se vencer em Minas Gerais, garante uma vaga nas semifinais da Superliga 2011/2012. Já os mineiros precisam da vitória em casa para forçar um novo confronto, em Santa Catarina. 

Mesmo pregando respeito adversário, a Cimed/Sky pensa em terminar a serie fora de casa. O técnico Douglas Chiarotti quer a mesma postura que o time mostrou no primeiro jogo, mas com mais atenção, principalmente nos contra-ataques. Ainda sem contar com o ponteiro Giba, os catarinenses vem contando com João Paulo Tavares em grande momento, além de Bruninho, que vem chamando a responsabilidade na equipe. 

“A gente sabe da dificuldade que sempre é jogar aqui em Belo Horizonte, a torcida deles vai apoiar bastante, eles precisam ganhar. Mas a nossa intenção é conseguir esta vitória e carimbar nossa classificação para as semifinais, não deixar para o terceiro jogo (...) Essa Superliga está sendo equilibrada desde o início, nossos jogos na primeira fase foram muito disputados, e não foi diferente no primeiro jogo das quartas. Nós vimos isso lá em Florianópolis. A equipe deles é muito equilibrada, eles dividem bem a responsabilidade entre os jogadores. É um time com um grande volume de jogo. Para a gente pensar na vitória, precisamos ser agressivos no saque”, afirmou o Bruninho. 

No Vivo/Minas, o discurso é vencer ou vencer. O técnico Marcelo Fronckowiak, afirmou que a equipe está confiante para a partida em casa e sabe que a torcida pode fazer a diferença. Além disso, em quadra, o diferencial pode ser o ponteiro Lucarelli, que mesmo jovem não se intimidou nos playoffs. 

“Lá, conseguimos jogar de igual para igual contra eles. Pecamos nos dois últimos sets, mas sabíamos das dificuldades. Agora, precisamos apenas da vitória. É a única coisa que interessa para esse grupo, que vem trabalhando bem, e os nossos resultados ao longo da temporada nos deixam conscientes das nossas forças e nos dá confiança pelo o que produzimos (...) A paridade entre as equipes foi a tônica da competição. Sempre jogos muito duros. Agora, para essa próxima partida, temos que corrigir detalhes e melhorar alguns aspectos para tentar anular as forças da Cimed/Sky. E usamos essa semana de intervalo para isso e também para recuperar e dar mais tranquilidade para os jogadores”, declarou Marcelo Fronckowiak. 

“Acho que consegui jogar bem a partida, mas, com certeza, poderia ter sido melhor, principalmente na recepção. Acredito que toda a equipe foi bem aquém do que vínhamos apresentando nos últimos jogos”, analisou Lucarelli. 

Equipes: 

Vivo/Minas: Marcelinho, Filip, Lucarelli, Manius, Orestes, Henrique e Polaco (líbero)
Técnico: Marcelo Fronckowiak 

Cimed/Sky: Bruninho, Rivaldo, João Paulo Tavares, Renato, Éder, Gustavo e Thales (líbero)
Técnico: Douglas Chiarotti 

foto: João Pires/Cimed/Sky

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fabiano Magoo convoca jogadores para a Seleção Brasileira Sub-19

Apan/Blumenau contrata Thiago Alves e confirma sete renovações

CBV divulga tabela oficial da Superliga B com estreia no dia 24 de janeiro