(Superliga) Com paredão, São Bernardo vence Sada/Cruzeiro e empata serie

Na primeira partida da segunda rodada das quartas de final, o BMG/São Bernardo enfrentou o Sada/Cruzeiro, no ginásio Poliesportivo, e venceu por 3 sets a 1, parciais de 25/20, 22/25, 25/22 e 25/21. Com esse resultado, os paulistas empataram a serie em 1 a 1e a vaga na semifinal da Superliga 2011/2012 será definida no próximo dia 31, às 10h30min, no ginásio do Riacho, em Contagem. 

O primeiro set começou equilibrado, com o BMG/São Bernardo sacando forte, quebrando o passe do Sada/Cruzeiro. No primeiro tempo técnico, os visitantes chegaram na frente com 8 a 7, mas com bloqueio de Paulo Renan, o time da casa chegou aos 12 a 11. Com esse fundamento, os Laranjas conseguiram abrir e alcançaram o segundo tempo técnico com 16 a 12. Essa vantagem continuou até o final, quando Isac fechou o set em 25 a 20. 

No segundo set, o Sada/Cruzeiro iniciou com mudança, entrando o cubano Sanchez no lugar de Mauricio. A alteração fez efeito e o time mineiro chegou a primeira parada técnica com 8 a 4 no placar. O central Isac conseguiu uma boa sequência de defesas e fez o BMG/São Bernardo encostar em 11 a 10, porém os comandados de Marcelo Mendez chegaram ao segundo tempo técnico com 16 a 13. O técnico Rubinho conseguiu mexer no time, sem mudar jogadores e a equipe empatou em 18 a 18, porém no final, os visitantes em 25 a 22. 

Com 1 a 1 em sets, o terceiro período foi de ponto a ponto no inicio. O oposto Renan fez um saque com tanto efeito, que Filipe defendeu, meio sem querer, e acabou fazendo o ponto. Na primeira parada técnica, 8 a 6 para os Laranjas, que tinham em Isac seu principal nome. O Sada/Cruzeiro errava alguns ataques, tanto que Douglas Cordeiro acabou bloqueado com 12 a 6. Após isso, Daniel entrou no lugar de William, mas não adiantou muito, pois os donos da casa chegaram a 16 a 9. No final, 25 a 23 com o central Luizinho jogando muito. 

No quarto set, o BMG/São Bernardo continuou forçando o saque e pressionando com seu bloqueio. Já o Sada/Cruzeiro vinha com o central Rogério crescendo a cada ponto. Na primeira parada técnica, os mineiros fizeram 8 a 7, mas não conseguiam encontrar seu melhor jogo, tanto que o time da casa, com destaque para Luizinho (melhor em quadra) passou a frente e fez 16 a 14 na segunda parada técnica. No final, a torcida empurrou os Laranjas, que com um verdadeiro ‘paredão’ não deixavam os visitantes virarem, e fecharam em 25 a 21. 

Equipes: 

BMG/São Bernardo: Paulo Renan, Luisinho, Matheus, Ygor, Renan, Mineiro e Felipe (líbero)
Técnico: Rubinho 

Sada/Cruzeiro: William, Wallace, Acácio, Douglas Cordeiro, Filipe, Mauricio e Serginho (líbero)
Técnico: Marcelo Mendez 

foto: Wander Roberto/VIPCOMM

Comentários