(Superliga B) Apav/Canoas e Funvic prontos para a decisão de domingo

No domingo, às 10h, o ginásio Poliesportivo La Salle, será palco da primeira final da Superliga B, torneio criado este ano pela CBV para servir de acesso para a elite do voleibol nacional. De um lado estará a Apav/Canoas, equipe gaúcha comandada por Paulão e que tem a vantagem de atuar em casa. Do outro está a Funvic/Mídia Fone, que tenta dar um salto de qualidade em seu projeto. 

A Apav/Canoas passou a semana inteira treinando forte para a final. Mesmo tendo a melhor campanha entre os oito clubes que entraram na disputa, todos no time gaúcho sabem que só a vitória dará o retorno esperado. O destaque atualmente no time é o ponteiro Pablo, porém é bom ficar de olho no jovem central Rafael e na experiência de Roberto Minuzzi, que pode ser o diferencial da equipe. 

“Montamos a equipe em cima da hora e conseguimos um padrão inesperado. Tive a sorte de treinar jogadores experientes como o Minuzzi, o Jeffe e o Xanxa. Eles têm uma história no voleibol. O Rio Grande do Sul sempre teve grandes equipes no cenário nacional e merece estar de voltar a elite do vôlei brasileiro”, declarou Paulão. 

“Disputar uma final sempre gera uma motivação muito grande. Fizemos uma campanha muito boa até agora e queremos coroar o trabalho com a conquista do título e da vaga para a divisão principal da Superliga na próxima temporada”, declarou o jovem levantador Arthur. 

Com um projeto desenvolvido pelo ex-treinador Ricardo Navajas, a Funvic/Midia Fone conquistou nos últimos anos reconhecimento em São Paulo, porém em 2012 o objetivo é alcançar o cenário nacional. Vencer a Superliga B é o grande passo para o clube, que pretende colocar a cidade de Pindamonhangaba na rota do vôlei. 

“Investimos em uma equipe com jogadores jovens e altos. Temos um grupo com atletas de grande talento, com potencial físico e força de ataque. Espero que isso nos ajude na final”, disse o técnico João Marcondes, que terá o desfalque do ponteiro Luis Fernando, que sofreu uma entorse no joelho esquerdo. 

“O Luis é um ponteiro de grande talento, que muito em breve pode estar em uma seleção brasileira de novos. Ele tem um bom bloqueio, um saque muito forte e está evoluindo no passe. Infelizmente não poderemos contar com ele na final”, analisou o treinador. 

Equipes: 

Apav/Canoas: Feijão, Xanxa, Pablo, Minuzzi, Flávio, Rafael e Jeff (líbero)
Técnico: Paulão 

Funvic/Midia Fone: Canhoto, Pé, Reinaldo, Allan V., Ricardo, Renato e Diego (líbero)
Técnico: João Marcondes 

foto: Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fabiano Magoo convoca jogadores para a Seleção Brasileira Sub-19

Apan/Blumenau contrata Thiago Alves e confirma sete renovações

CBV divulga tabela oficial da Superliga B com estreia no dia 24 de janeiro