(Superliga) Sada/Cruzeiro enfrenta o imprevisível Volta Redonda

Embalado pela vitória sobre o Sesi-SP na última rodada, o Sada/Cruzeiro enfrenta o Volta Redonda neste sábado, às 17h, no ginásio do Riacho, em Contagem. O jogo marca a estreia dos dois times na segunda fase da Superliga, sendo que no momento os mineiros estão em quinto lugar, com 19 pontos, e os cariocas aparecem na 10ª posição, com 11 pontos.

A equipe celeste tenta encontrar seu ritmo em quadra, já que fez duas boas partidas anteriormente, mas com resultados diferentes. Diante do RJX, os comandados de Marcelo Mendez perderam de virada, enquanto contra o Sesi-SP, o time mineiro se impôs e conquistou a vitória com bom volume de jogo.

“Nesta Superliga não tem jogo tranquilo. O time de Volta Redonda tem dado trabalho para muita gente e temos que entrar concentrados, com o ritmo de jogo que mostramos na última partida contra o Sesi-SP. E é muito importante também o apoio do nosso torcedor”, disse o central Douglas Cordeiro.

Os Gigantes do Aço esperam voltar ao bom momento, já que após vitórias sobre Cimed/Sky e Vivo/Minas, o time acabou derrotado pelo Vôlei Futuro. Com Ezinho e Jamelão mostrando que a experiência é importante em quadra, os cariocas são imprevisíveis e podem surpreender mesmo atuando fora dos seus domínios.

“Começamos de forma irregular, alternando bons e maus momentos. Faltou um pouco de ritmo de jogo forte, contra grandes equipes, pois o nível da Superliga é muito alto. O time cresceu da metade do primeiro turno em diante e começou a adquirir um padrão de jogo adequado, para vencer grandes e médios clubes. Por este motivo, esperamos que o nosso desempenho seja melhor no returno”, argumentou o treinador Sergio Negrão.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: William, Wallace, Maurício, Filipe, Acácio, Douglas Cordeiro e Serginho (líbero)
Técnico: Marcelo Mendez

Volta Redonda: Aureliano, Everaldo, Ezinho, Fábio, Giovanni, Jamelão e Daniel (líbero)
Técnico: Sergio Negrão

foto: Paulo Dimas/VIPCOMM

Comentários