(Superliga) Dentro do Maracanãzinho, Sesi-SP derrota RJX

Na abertura da 1ª rodada do returno da Superliga 2011/2012, o Sesi-SP visitou o RJX e dentro do Maracanãzinho venceu por 3 sets a 1, parciais de 18/25, 25/17, 22/25 e 21/25. Com o resultado, os paulistas encerraram uma serie de três derrotas seguidas e foram para 25 pontos assumindo, pelo menos temporariamente a vice-liderança. Já os cariocas continuam com 16 pontos e na oitava posição.

O primeiro set iniciou com um equilíbrio natural dos dois lados, porém com pequena vantagem para o Sesi-SP, que chegou ao primeiro tempo técnico com vantagem de 8 a 6. A partir daí, o ponteiro Murilo tratou de dar show em quadra e com grandes defesas e ataques do fundo ajudou seu time a alcançar 16 a 11. Com essa boa diferença, os paulistas apenas administraram e abusando do bom aproveitamento de Wallace venceram por 25 a 18.

O segundo set já começou de forma diferente, com o RJX tratando de mudar o estilo do saque. No primeiro momento atrapalhou o passe adversário, que não contava com Serginho (lesionado). Na primeira parada técnica, os cariocas estavam na frente com 8 a 5 e essa vantagem nunca mais foi menor, já que os paulistas erravam demais. O central Riad entrou no lugar de Ualas e deu mais opção para Marlon. Em determinado momento, Sidão e Léo Mineiro foram na mesma bola e o RJX ficou com 16 a 12. No final, Luis Felipe Chupita foi decisivo para que seu time fechasse em 25 a 17.

Se existe uma palavra para definir o terceiro set ela seria ‘tensão’. Isso porque, o período foi disputado ponto a ponto. Na primeira parada técnica, o RJX estava na frente com 8 a 7 e após dois bloqueios seguidos chegou a 10 a 7. O Sesi-SP se recuperou, com bons saques e contra-ataques, empatando em 13 a 13. Os cariocas chegaram novamente na frente na segunda parada técnica com 16 a 15, mas a estrela de Giovane Gávio apareceu e ao colocar Everton pediu saque tático, que foi o diferencial para a vitória do time paulistano por 25 a 22.

O quarto set foi novamente equilibrado no inicio, só que diferente do anterior, o Sesi-SP começou na frente e não largou mais a ponta até o final. Liderados por Murilo, os paulistas foram mais competentes no saque e nos contra-ataques, enquanto o time da casa mostrava muita falta de atenção. Com bloqueio de Thiago Barth, os visitantes colocavam 11 a 8, depois com ponto de Murilo 16 a 11 e com erro de saque de Riad, 25 a 21.

Equipes:

RJX: Marlon, Théo, Luis Felipe Chupita, Dante, Ualas, Lucão e Allan (líbero)
Técnico: Marcos Miranda

Sesi-SP: Sandro, Wallace, Murilo, Léo Mineiro, Thiago Barth, Sidão e Lucianinho (líbero)
Técnico: Giovane Gávio

foto: Fábio Borges/VIPCOMM

Comentários