(Superliga) Cimed/Sky se recupera e derrota Vivo/Minas no Capoeirão

Encerrando 2011, a Cimed/Sky recebeu o Vivo/Minas, o ginásio do Capoeirão, e venceu por 3 sets a 0, parciais de 25/20, 25/20 e 25/19. Com o resultado, o time catarinense se recuperou da derrota na última rodada e assumiu a terceira colocação na Superliga 2011/2012. Já os mineiros acabaram perdendo uma sequência de três vitórias seguidas na competição.

Mesmo sem contar com o ponteiro Giba e com o líbero Badá, a Cimed/Sky iniciou bem a partida, principalmente o oposto Rivaldo, principal nome no ataque dos catarinenses. Pelo lado do Vivo/Minas, quem fazia a diferença era o ponteiro Manius, que marcou cinco pontos no período. Entretanto, os mineiros erraram mais e no final deu a equipe de Florianópolis por 25 a 20.

O segundo set foi quase uma história repetida do anterior, com Rivaldo sendo bastante acionado por Bruninho e resolvendo, enquanto o Vivo/Minas tinha o jovem Lucarelli, que apareceu como solução, já que Manius perdeu o ritmo apresentado no primeiro set. No final, mais um 25 a 20 para o time da casa.

No terceiro set, a Cimed/Sky dominou as ações, pois os mineiros erravam demais, principalmente no passe, prejudicando o jogo de Marcelinho. O time do técnico Marcelo Fronkowiak chegou a melhorar com alguns pontos do central Henrique, mas não o suficiente e os catarinenses fecharam com 25 a 19.

“Foi um presente para os torcedores que sofreram com a partida da última terça-feira. Lavamos a alma e todos estão de parabéns. Agora é pensar no restante da temporada e focar na parte física neste período entre o natal e ano novo para voltar bem em janeiro”, comentou o levantador Bruninho.

“A Cimed/Sky jogou como esperávamos. Fizemos o nosso melhor possível. Fiz uma excelente partida, mas o que sobressaiu foi a força do grupo. Essa vitória é para a torcida que compareceu mesmo na véspera da noite de Natal. A Cimed/Sky teve muita garra e vontade para vencer”, avaliou Rivaldo, maior pontuador do duelo com 16 acertos.

“Esta foi uma partida de um time só. A Cimed/Sky jogou muito bem e nós não. Até que tivemos uma apresentação razoável no ataque, mas nosso sistema defensivo não funcionou”, observou o técnico Marcelo Fronckowiak.

Equipes:

Cimed/Sky: Bruninho, Rivaldo, João Paulo, Renato, Éder, Renato Felizardo e Thales (líbero)
Técnico: Marcos Pacheco

Vivo/Minas: Marcelinho, Filip, Lucarelli, Manius, Henrique, Orestes e Polaco (líbero)
Técnico: Marcelo Fronckowiak

foto: Carlos Rocha/VIPCOMM

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Fabiano Magoo convoca jogadores para a Seleção Brasileira Sub-19

Apan/Blumenau contrata Thiago Alves e confirma sete renovações