(Mineiro) Sada/Cruzeiro derrota Olympico/MartMinas e está na decisão

Em partida realizada neste domingo, o Sada/Cruzeiro levou a melhor sobre o Olympico/MartMinas por 3 sets a 1, parciais de 25/21, 25/27, 25/19 e 25/18, dentro do ginásio Poliesportivo do Riacho, em Contagem. Com a vitória, o atual campeão mineiro encara no próximo dia 3 de dezembro, às 9h, no mesmo local, o Vivo/Minas, que eliminou o BMG/Montes Claros.

Em busca da vaga na final, as duas equipes entraram imprimindo um forte ritmo de jogo. Disputado ponto a ponto, as equipes brigavam muito a cada bola. O central Acácio, em um lance inusitado, machucou a cabeça e acabou tomou três pontos, tendo que ser substituído por Douglas Cordeiro. A partida seguiu acirrada e foi decidida com a boa distribuição de William e os bloqueios de Rogério. Sendo assim, os donos da casa abriram o placar com 25 a 21.

Mantendo o mesmo equilíbrio do set anterior, a segunda etapa continuava muito disputada. Os cruzeirenses cometiam erros, 12 no total, e os visitantes se aproveitavam. O treinador Marcelo Mendez chegou a pedir dois tempos para acalmar e acertar sua equipe, mas os donos da casa esbarravam nos bons bloqueios e contra ataques do Tricolor da Serra, que empataram a partida com 25 a 27.

No terceiro set, a equipe celeste voltou disposta a desempatar o confronto. Filipe se destacava nos ataques do Sada/Cruzeiro, porém, a boa defesa do Olympico/MartMinas, liderada pelo líbero Rafinha, impedia que os cruzeirenses abrissem vantagem. Entretanto, o central Rogério fez a diferença no período: com eficientes ataques e ótimo saque, o camisa 14 comandou o desempate colocando 25 a 19.

O quarto e ultimo set teve domínio cruzeirense. O levantador William dava velocidade à equipe e imprimia o ritmo da partida, forçando o potente ataque do ponta cubano Sanchez. O Tricolor da Serra esbarrava no bom jogo do adversário e não conseguia passar pelo bom bloqueio celeste. Em ponto de Douglas Cordeiro, o Sada/Cruzeiro fechou a partida em 25 a 18 garantiu vaga na final.

“Jogamos bem e estamos classificados. Tivemos um bom poder de ataque e nosso bloqueio foi muito bem, mas em alguns sets jogamos muito bem e em outros nem tanto. Precisamos achar a regularidade e oscilar menos”, disse Marcelo Mendez.

“Enfrentamos um adversário muito complicado. Mas jogamos bem e viemos focados. Durante toda a temporada estamos fazendo um bom trabalho e queríamos ir à final. Infelizmente, não deu. Vamos nos preparar para entrar mais fortes para a Superliga”, conclui o treinador André Donegá.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Alemão, William, Sanchez, Acácio, Rogério, Filipe e Serginho (líbero)
Técnico: Marcelo Mendez

Olympico/MartMinas: Carlão, Iallisson, Caio, Juliano Bendini, China, Evandro e Rafinha (líbero)
Técnico: Andre Donegá

foto: Havar Comunicação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Invicto no Espanhol, Palma Volley conta com bom momento do ponteiro Zóio