(Sul-Americano) Brasil passa pela Argentina e fica com o título

Já classificados para a Copa do Mundo, Brasil e Argentina entraram em quadra neste domingo para definir o título do Sul-Americano. Com bom desempenho de Dante, Murilo e Lucão, a equipe de Bernardinho venceu por 3 sets a 1, parciais de 25/10, 19/25, 25/23 e 25/21.

No primeiro set, o Brasil entrou mais focado do que a Argentina, principalmente com Dante. O ponteiro estava endiabrado virando quase todas as bolas no ataque e ainda ajudando no bloqueio. A equipe verde-amarela, logo de cara, abriu vantagem de dois pontos e foi levando ela até 17 a 15. Após isso, os argentinos erraram demais no saque e o time de Bernardinho aproveitou fechando em 25 a 20, com um bloqueio de Murilo.

O segundo set iniciou com a Argentina melhor no bloqueio, fundamento em que não marcou nenhum ponto no set anterior. O ponteiro Quiroga foi o principal destaque desde o início, quando os hermanos abriram três pontos. Após erros de saque e com Wallace sendo bem marcado, o Brasil precisou mudar, mas mesmo assim acabou perdendo por 25 a 19.

Com 1 a 1 no placar, o terceiro set iniciou com as duas seleções com os nervos a flor da pele. A cada ponto era vibração de um lado contra frustração do outro, mas sempre com equilíbrio no marcador. O levantador De Cecco e o central Lucão foram os destaques dentro de quadra, enquanto Bernardinho e Weber chamavam a atenção fora da quadra. Os argentinos por cometerem oito erros de saque acabaram entregando o tenso terceiro set, por 25 a 23.

Com Weber irreconhecível, não falando com seus jogadores, o Brasil ficou sempre na frente do placar tanto na primeira parada técnica (8 a 5) quanto na segunda (16 a 1). Entretanto, mesmo com Murilo jogando muito, a Seleção Brasileira teve momentos de desatenção que fez a Argentina encostar em 19 a 19. No final, bons saques e bloqueios para fechar em 25 a 21.

Equipes:

Brasil: Marlon, Wallace, Sidão, Lucas, Murilo, Dante e Serginho (líbero)
Técnico: Bernardinho

Argentina: De Cecco, Pereyra, Sole, Crer, Conte, Quiroga e Gonzalez (líbero)
Técnico: Javier Weber

foto: Alexandre Arruda/CBV/Divulgação

Comentários