(Liga Mundial) Brasil passa pela Polônia e fecha fase de grupos

Depois de vencer na quarta-feira a Polônia por 3 sets a 1, o Brasil, já classificado para a fase final da Liga Mundial, conquistou uma vitória tranquila nesta quinta-feira, novamente na cidade de  Katowice. Desta vez, os comandados de Bernardinho fizeram 3 sets a 0, parciais de 25/17, 25/14 e 25/21. Com o resultado, os brasileiros chegaram aos 30 pontos e agora aguardam a fase decisiva que ocorrerá entre os dias 4 e 10 de julho, na Polônia.

Como fez no dia anterior, Bernardinho entrou em quadra com uma nova formação, desta vez ingressando com o levantador Marlon. O central Sidão, que foi bem na última partida, voltou a ter um bom desempenho. O primeiro set era equilibrado até o empate em 10 a 10, que depois virou um 14 a 10 e, logo um 20 a 14. No final, ace de Giba e 25 a 17 para os brasileiros. 

O segundo set foi talvez um dos melhores até aqui da Seleção Brasileira, já que o bloqueio, fundamento que vinha tirando o sono do treinador, funcionou bem com Rodrigão, Dante e Theo. Além disso, o líbero Serginho estava inspirado, nem parecendo que o time já estava classificado. Os poloneses erravam muito e a desatenção irritava o  treinador Andrea Anastasi. Com Marlon distribuindo com precisão e com os atacantes abusando da força, o resultado foi 25 a 14.

Os atuais campeões da Liga Mundial entraram no terceiro set dispostos a não dar chance para a Polônia, que até reagiu no início. Entretanto, com Serginho brilhando na defesa e Giba quase perfeito no saque, o time verde-amarelo não deu chance e a única vez que os donos da casa ficaram na frente do placar foi no 10 a 8. No final, com Théo tendo um bom aproveitamento de ataque, o Brasil fechou em 25/21. 

Com o resultado, o Brasil terminou ainda mais líder do Grupo A. Logo atrás vem a Polônia com 18, mesma pontuação dos Estados Unidos, porém os americanos ainda têm dois jogos contra Porto Rico, podendo assim assegurar a segunda vaga da chave para a decisão da Liga Mundial.

Equipes  

Brasil: Marlon, Théo, Sidão, Rodrigão, Dante, Giba e Serginho (líbero) 
Técnico: Bernardinho

Polônia: Zygadio, Kurek, Bartman, Ruciak, Nowakowski, Modzomek e Ignaczak (líbero)
Técnico: Andrea Anastasi

foto: FIVB/Divulgação

Comentários