Leandro Vissotto e Thiago Alves vão jogar fora do Brasil

Enquanto a maioria dos jogadores de expressão do Brasil está retornando ao país, dois grandes nomes do atual vôlei nacional vão para o exterior na próxima temporada. Nesta semana, o oposto Leandro Vissotto, que disputou a última Superliga pelo Vôlei Futuro, confirmou acerto com o Cuneo, da Itália. Já o ponta Thiago Alves, que foi campeão com o Sesi-SP, ainda não decidiu qual time defenderá, mas é certo que os italianos tenham a possibilidade de vibrar com as jogadas dele.

Vissotto, que foi dispensado pela equipe de Araçatuba após a conquista do terceiro lugar, ainda tinha contrato de mais um ano. Porém, mesmo tendo recebido proposta do Vivo/Minas resolveu voltar a Itália, onde já atuou pelo Trentino. O jogador explicou que o conhecimento do país, tanto dele quanto da família, ajudou na escolha. 

“Recebi também propostas de clubes da Rússia e da Turquia, mas como a próxima temporada vai anteceder as Olimpíadas de Londres, optei por jogar na Itália, que tem um campeonato de maior projeção e visibilidade. Além disso, como eu e minha família já moramos por vários anos no país, não teríamos nenhuma dificuldade com adaptação”, declarou Leandro Vissotto, que se apresenta ao novo clube após a participação da Seleção Brasileira na Liga Mundial.

Thiago Alves, que foi campeão da Superliga tanto pelo Cimed quanto pelo Sesi-SP, explicou que sua ida para o exterior é uma vontade de anos. Para ele, existe um momento que o jogador deve conhecer outros pólos do esporte e enfrentar certas dificuldades, como a língua e os costumes, para crescer na carreira. Modena, Macerata e o próprio Cuneo demonstram interesse no ponta, que deve confirmar seu destino antes do início da Liga Mundial no início do próximo final de semana. 

foto: Alexandre Arruda/CBV/Divulgação

Comentários