Com empenho de Mauro Grasso, Pinheiros busca patrocinador

Na temporada 2009/2010 a SKY ingressou no Pinheiros trazendo para o clube paulista jogadores como Giba, Gustavo, Rodrigão e Marcelinho. Entretanto o time não engrenou e nunca conseguiu chegar a uma final de Superliga. Em 2010, a diretoria resolveu buscar o treinador Mauro Grasso, que manteve alguns atletas, mas que acabou não conseguindo desenvolver o trabalho que queria. Lesões e alguns problemas que até hoje não tiveram explicação prejudicaram o desempenho.

Em meio a competição mais importante do vôlei brasileiro, o central Rodrigão e o levantador Marcelinho foram dispensados e acabaram indo para o exterior. Além disso, Giba ficou boa parte do segundo turno da Superliga entregue ao departamento médico. O time acabou se classificando para os playoffs, mas perdeu nas quartas-de-final para o Sada/Cruzeiro.

Agora em abril, a SKY confirmou sua saída do Pinheiros e o acerto com a Cimed e os boatos começaram sobre o fechamento do time masculino. Entretanto, o treinador Mauro Grasso acredita na tradição do clube para que isso não ocorra e algumas negociações com patrocinadores estão em andamento.

O que se sabe até o momento é que Giba, Gustavo, contratados da SKY, vão para a Cimed já o levantador Murilo Radke e o oposto Léo estão próximos de ir também para Florianópolis. Vinhedo, Tuba e Silêncio, que agradam ao treinador, esperam propostas de renovação.

foto:  Alexandre Arruda/CBV/Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fabiano Magoo convoca jogadores para a Seleção Brasileira Sub-19

Apan/Blumenau contrata Thiago Alves e confirma sete renovações

CBV divulga tabela oficial da Superliga B com estreia no dia 24 de janeiro