terça-feira, 26 de setembro de 2017

Sada/Cruzeiro bate Personal Bolívar e fatura primeiro título da temporada

Campeão da Copa Ciudad de Bolívar! Assim começa a temporada 2017/2018 para o Sada/Cruzeiro, que na decisão venceu o Personal Bolívar por 3 sets a 2, parciais de 25/22, 25/14, 23/25, 19/25, e 17/15. O time celeste já havia derrotado o Sesc-RJ e o Ciudad Voley por 3 sets a 0 e 3 sets a 1, respectivamente e agora segue na Argentina para encarar a Copa Ciudad de Morón.

No confronto decisivo, o Sada/Cruzeiro entrou em quadra avassalador. Colocando praticamente todas as bolas no chão e sacando com muita eficiência, o elenco cruzeirense ainda emplacou um bloqueio quase intransponível nos dois primeiros sets. Foram 22 pontos do fundamento no jogo. No terceiro e quarto sets, o sistema defensivo dos donos da casa empatou o confronto. Emocionante, o tie-break foi disputado ponto a ponto até o final e terminou com mais um ponto de bloqueio azul.

“É uma emoção diferente! Naquele momento difícil do jogo, cheguei a pensar ‘não posso começar o ano com o pé esquerdo’. Mas ainda bem que conseguimos reverter o cenário e pude ajudar o time a conquistar o primeiro título. O Bolívar jogou muito bem, defendeu bastante e valorizou ainda mais a nossa conquista. Mas está aqui o nosso primeiro troféu e vamos com tudo porque tem muita coisa ainda por vir nesta temporada”, avisou o ponteiro Filipe.

“É sempre bonito ganhar, é para isso que a gente trabalha, para isso que a gente joga. É uma satisfação poder conquistar títulos, mas sobretudo ver que melhoramos o nosso jogo e o nosso entrosamento. Jogamos contra uma equipe que joga muito bem, defende muito e isso é muito bom para a nossa preparação. Viver essas situações de dificuldade serve muito para nos preparar para o que ainda está por vir na temporada, como a Superliga e, sobretudo, o Mundial”, disse o levantador Nico Uriarte, que conquistou seu primeiro título com a camisa azul.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Nico Uriarte, Evandro, Leal, Filipe, Simon, Isac e Serginho (líbero)
entraram: Fernando Cachopa, Alemão, Rodriguinho e Éder Levi
técnico: Marcelo Mendez

Personal Bolívar: Gonzales, Théo, Garcia, Penchev, Crer, Gauna e Alexis Gonzales (líbero)
entraram: Patti, Nikic, Galdon e Hernandez
técnico: Javier Weber

foto: Ana Flávia Goulart/Sada Cruzeiro

Semifinais do Campeonato Paulista serão transmitidas pelo Sportv

O Campeonato Paulista - Divisão Especial chegou as semifinais e a boa notícia é que os quatro jogos terão transmissão do Sportv. O anuncio ocorreu nesta segunda-feira, quando a Federação Paulista de Vôlei divulgou oficialmente os dias e horários dos confrontos entre Sesi-SP x EMS Taubaté/Funvic e Vôlei Renata x Corinthians/Guarulhos.

A programação começará nesta quarta-feira, às 20h, quando o Corinthians/Guarulhos recebe o Vôlei Renata, no ginásio Ponte Grande. O jogo de volta será na sexta-feira, dia 29, às 21h30min, no ginásio do Taquaral. Já a primeira partida entre Sesi-SP e EMS Taubaté/Funvic será quinta-feira, às 21h, no ginásio Abaeté, enquanto a volta está marcada para o dia 1º de outubro, às 14h, no ginásio do Sesi, em Santo André.

Vale destacar que o Sesi-SP se classificou em 1º lugar de forma invicta na fase classificatória, enquanto Vôlei Renata, Corinthians/Guarulhos e SEM Taubaté/Funvic precisaram passar pelas quartas de final onde venceram Climed/Atibaia, São José Vôlei e UM Itapetininga, respectivamente. Os vencedores das semifinais farão a decisão nos dias 4 e 7 de outubro.

foto: Sesi-SP/Divulgação

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Sada/Cruzeiro vence Ciudad Voley e briga por título contra anfitrião Bolívar

Duas vitórias em dois jogos. Este é o saldo de momento na excursão que faz o Sada/Cruzeiro pela Argentina. No domingo, o time celeste bateu o Ciudad Voley por 3 sets a 1, parciais de 25/17, 22/25, 25/16 e 25/22. Agora, o time disputa a última partida da Copa Ciudad de Bolívar contra o anfitrião Personal Bolívar, nesta segunda-feira, às 21h. O jogo, que terá transmissão online em facebook.com/canaldeportv e youtube.com/canaldeportv, decidir o título da competição.

No sábado, os cruzeirenses já haviam conquistado o primeiro resultado positivo diante do outro brasileiro em solo hermano, o Sesc-RJ, por 3 a 0. E o comandante Marcelo Mendez aproveitou o confronto contra o Ciudad Voley para rodar um pouco mais o seu elenco. Recém-chegado da seleção, Rodriguinho foi titular, deixou o jogo para a entrada de Filipe e retornou posteriormente no lugar de Leal. Alemão e Fernando Cachopa também estiveram em quadra.

“Acho que é importante dar rodagem. Rodriguinho e Isac chegaram da seleção bem fisicamente, mas sem ritmo de jogo, então a intenção é permitir que eles joguem para que possam ajudar nosso time. Depois entraram Cachopa, que jogou muito bem, e Alemão, que rendeu bem também. Hoje fizemos um trabalho técnico e físico muito forte, conseguimos um bom resultado e precisamos seguir crescendo. Amanhã é entrar com força máxima para tentar ganhar contra o Bolívar”, analisou o técnico Marcelo Mendez.

“Para mim é ótimo jogar aqui, com companheiros de altíssimo nível, com quem aprendo cada dia mais. Ainda tive um pouco de desajustes neste primeiro jogo, mas acho que é normal e acho que temos só a melhorar e crescer como equipe. Vamos fazer o nosso melhor no próximo jogo, pois independente do torneio que seja, a gente entra sempre para brigar pelo título. Vamos encarar um time forte, que é o do Bolívar, que também está com novos jogadores no elenco, e tende a ser um grande jogo”, comentou o ponteiro Rodriguinho.

No outro jogo da rodada, o Personal Bolívar derrotou, de virada, o Sesc-RJ por 3 sets a 1, parciais de 25/27, 25/23, 25/18 e 25/21. Com isso, o time carioca não tem mais chances de título e só cumpre tabela contra o Ciudad Voley nesta segunda-feira. 

foto: Ana Flávia Goulart/Sada Cruzeiro

(Carioca) Flamengo ganha mais uma no tie-break e Tijuca continua com 100%

O Campeonato Carioca segue a todo vapor e três jogos foram realizados no último final de semana. O Fera/Americano entrou por duas oportunidades em quadra e acabou perdendo para o Flamengo por 3 sets a 2, no ginásio do IFF, em Campos, e para o Tijuca por 3 sets a 0, fora de casa. Já o Resende se recuperou e venceu o Real Vôlei Santa Cruz por 3 sets a 1. 

No duelo mais emocionante, o Flamengo iniciou bem a partida contra o Fera/Americano e venceu os dois primeiros sets por 25 a 23 e 25/15, respectivamente. No terceiro período, a equipe de Campos foi para cima e parou de dar pontos de graça ao adversário através de seus erros, tanto que deu o troco e venceu por 15 a 25. Embalado pelo apoio da torcida, que esteve em bom número no ginásio do IFF, os donos da casa empataram o duelo com 25 a 22. Entretanto, no tie-break, o rubro-negro apertou o ritmo e com boas sequência de saques e bloqueios venceu por 15 a 6.

Com esses resultados, o Tijuca Tênis Clube aparece na liderança com seis pontos em dois jogos (100% de aproveitamento), seguido de Flamengo, com quatro pontos em dois jogos. Na sequência aparecem Resende, com três pontos em dois jogos, além de Real Vôlei Santa Cruz e Fera/Americano que somam um ponto em dois jogos.

Na próxima terça-feira, às 18h, o Flamengo recebe o Tijuca, na Gávea, fechando assim a 3ª rodada da fase classificatória. Vale lembrar que apenas os dois primeiros seguem para as semifinais, onde já estão Sesc-RJ e Botafogo.

foto: Matheus Berriel/iFlamengoNews

(Paulista) EMS Taubaté/Funvic supera UM Itapetininga e está na semifinal

No encerramento das quartas de final do Campeonato Paulista – Divisão Especial, o EMS Taubaté/Funvic derrotou o UM Itapetininga por 3 sets a 0, parciais de 25/16, 25/19 e 25/18, no ginásio Abaeté. Com isso, o time do Vale do Paraíba fechou a série em 2 jogos a 0 e se classificou para as semifinais, onde encara o Sesi-SP, melhor equipe da fase classificatória.

Após um início equilibrado, o saque do EMS Taubaté/Funvic começou a entrar muito bem, dificultando a recepção adversária e forçando muito erros do UM Itapetininga. No bloqueio, a equipe da casa esteve muito bem desde o início do set, tanto que abriu vantagem de cinco pontos. O time do Vale do Paraíba manteve bom padrão de jogo, virando bem as bolas de ataque e contando com erros de saque dos visitantes, tanto que o placar foi de 25 a 16.

O segundo set foi novamente de domínio da EMS Taubaté/Funvic, que desde o início do período mostrou uma consistência defensiva muito boa, propiciando contra-ataques que foram bem aproveitados. O bloqueio também continuou sendo um dos pontos fortes dos comandados de Daniel Castellani, sendo fator decisivo para a vantagem no placar e a vitória por 25 a 19.

O terceiro set começou com o UM Itapetininga melhor em quadra e abrino vantagem de três pontos. O EMS Taubaté/Funvic voltou a equilibrar as ações, variando bastante o saque, de forma a dificultar a recepção adversária. Com mais equilíbrio, os donos da casa souberam explorar melhor as variações de jogada com o levantador Rapha, sendo que a distribuição do jogo foi bem efetiva. Mesmo com maior equilíbrio, os atuais bicampeões fecharam em 25 a 18.

“Controlamos o jogo e foi importante, pois temos muita informação para trabalhar. mesmo com esse curto tempo, teremos como saber onde podemos evoluir. teremos pouco tempo até o jogo contra o Ssesi-SP, mas vamos trabalhar muito para fazer o time funcionar ainda melhor”, comentou o técnico Daniel Castellani, que comentou a volta dos selecionáveis.

“O que eles jogaram hoje (domingo), já é o que eles fazem normalmente. Nossa evolução vai ser construída ao longo dos jogos, mas esses atletas são de altíssimo nível, e vão responder muito bem a isso, tenho certeza”, concluiu o treinador.

As semifinais entre EMS Taubaté/Funvic e Sesi-SP começam na próxima quinta-feira, às 21h, no ginásio do Abaeté. O segundo e decisivo jogo está marcado para o domingo, às 14h, no ginásio Sesi, em Santo André.

foto: Rafinha Oliveira/EMS Taubaté Funvic

(Paranaense) Caramuru/Castro segue invicto e líder após vencer Fadep/Palmas

No último final de semana, o M.V.Selmer/Compagás/Caramuru venceu, por duas oportunidades, a Fadep/Sudati/Palmas por mais uma rodada do Campeonato Paranaense. No primeiro duelo, vitória por 3 sets a 0, parciais de 25/17, 25/20 e 25/15, enquanto no segundo o placar foi de 3 sets a 1, parciais de 25/15, 17/25, 25/22 e 25/23, sendo que ambos foram realizados no ginásio Monsenhor Engelberto,

“Foi um jogo muito difícil. A torcida da casa apoiou muito a equipe e isso atrapalha a concentração dos atletas, mas conseguimos superar as nossas dificuldades. Conseguimos rodar bastante a equipe e avaliar alguns atletas para a reta final do paranaense, para que possamos chegar com força total”, disse técnico Victor Despindola.

“Foram dois jogos bons. Palmas sacou muito bem, forçou bastante, obrigando a nossa equipe ter um bom desempenho no passe. Mas com o esforço e união do grupo conseguimos conquistar os seis pontos, que era o nosso principal objetivo”, afirmou central Maicon.

Com os resultados, o M.V.Selmer/Compagás/Caramuru segue na liderança isolada da competição, com 30 pontos. Já a Fadep/Sudati/Palmas segue com 12 pontos, mesma situação do PM Foz /Pousada Cataratas, que lutam para chegar a decisão. Na lanterna está Telêmaco Borba/AVTB, sem nenhum ponto ganho.

foto: Thiago Paes/FPV

domingo, 24 de setembro de 2017

(Paulista) Pela última vaga na semi, EMS Taubaté/Funvic pega UM Itapetininga

A última vaga para a semifinal do Campeonato Paulista – Divisão Especial será definida neste domingo, às 18h30min, quando o EMS Taubaté/Funvic recebe o UM Itapetininga, no ginásio Abaeté. Como venceu o primeiro duelo, o time do Vale do Paraíba joga por uma vitória simples, enquanto os comandados de Fabiano Magoo precisam ganhar o duelo para forçar um golden set. 

No primeiro confronto, realizado no ginásio Ayrton Senna, o técnico Daniel Castellani já pode contar com alguns atletas que estavam servidos suas seleções, como o caso dos brasileiros Otávio, Rapha, Wallace, Lucarelli e Thales, sendo que a equipe mostrou um forte poder de reação ao virar o jogo e vencer por 3 sets a 1. Os desfalques ainda são o ponteiro sérvio Ivovic e o oposto Renan, ambos lesionados. 

“Estou feliz por estar de volta, por estar vestindo a camisa do Taubaté e por reencontrar a torcida. Tudo isso é sempre muito especial. Agora o foco é total na nova etapa da temporada”, declarou o levantador Rapha.

Pelo lado do UM Itapetininga, a derrota na primeira partida já ficou no passado e o momento é de pensar em fazer frente, independente da força do adversário e de ser longe da sua torcida. O técnico Fabiano Magoo gostou da postura da equipe na última quinta-feira, mesmo que o resultado não tenha vindo, sendo que agora é hora de melhorar e fazer frente ao atual bicampeão.

“A gente viu que tem condições de estar jogando de igual para igual com os caras. É o momento de analisar alguns detalhes que podemos melhorar e ir para cima, tentando aproveitar as oportunidades”, declarou o oposto André Nascimento.

foto: Rafinha / EMS Taubaté Funvic

Em solo argentino, Sada/Cruzeiro estreia com vitória sobre o Sesc-RJ

O Sada/Cruzeiro está na Argentina para disputar duas Copas preparatórias. E o time mineiro iniciou bem a jornada com uma vitória por 3 sets a 0, parciais de 25/14, 25/23 e 25/22 sobre o outro brasileiro na disputa, o Sesc-RJ. A partida marcou a abertura da Copa Ciudad de Bolívar, que ocorre no Complexo Republica Venezuela, e ainda conta com os anfitriões Personal/Bolívar e o Ciudad Voley.

A Raposa começou o jogo com um ritmo avassalador, impondo seu jogo com um forte saque, bom trabalho de bloqueio e eficiente no ataque, tanto que fechou a parcial em 25 a 14. No segundo set, a equipe carioca cresceu no saque e até conseguiu equilibrar o confronto, mas não foi o suficiente para empatar, já que na reta final, o Sada/Cruzeiro aplicou 25 a 23. Novamente no terceiro set, o serviço dos mineiros prevaleceu e o grupo de Marcelo Mendez pôde fechar o confronto em 25 a 22.

“Estamos treinando bem e, se treinamos bastante, isso deve sair no jogo. Pouco a pouco, conseguimos evoluir e nos conhecer cada dia melhor. Só precisamos de tempo para que isso aconteça. Ainda temos que melhorar algumas coisas, como o contra-ataque, mas penso que hoje foi um bom dia para o nosso time. Estamos em um país diferente, ambiente diferente, assim como vai acontecer lá na Polônia. E, mesmo assim, nos saímos muito bem. Atacamos, sacamos e bloqueamos muito bem, é importante manter assim para crescermos ainda mais”, comentou o central Simon.

Neste domingo, às 18h30min, o Sada/Cruzeiro enfrenta o Ciudad Voley, enquanto às 21h, o Sesc-RJ encara o Personal Polívar. Toda a competição tem transmissão ao vivo pela internet, através do facebook.com/canaldeportv ou do youtube.com/canaldeportv.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Nico Uriarte, Evandro, Leal, Filipe, Simon, Isac e Serginho (líbero)
entraram: Fernando Cachopa e Alemão
técnico: Marcelo Mendez

Sesc-RJ: Thiaguinho, Renan, Levi, Maurício Borges, Maurício Souza, Thiago Barth e Tiago Brendle (líbero)
entraram: Everaldo, Japa, Juninho e João Rafael
técnico: Giovane Gávio

foto: Ana Flávia Goulart/Sada Cruzeiro