terça-feira, 27 de setembro de 2016

(Taça Rio) Em Niterói, Botafogo estreia com vitória sobre o Canto do Rio

Considerado o favorito ao bicampeonato da Taça Rio, o botafogo estreou na edição deste ano com vitória sobre o Canto do Rio por 3 sets a 0, parciais de 26/24, 25/20 e 25/23, em Niterói. Com o resultado, o Alvinegro faz três pontos e se iguala a equipe do Tijuca, que na partida inaugural venceu o Flamengo e também lidera a competição com a mesma pontuação.

O Botafogo quer ser bicampeão da Taça Rio, mas escara o torneio como um teste para o Campeonato Carioca, que começa no dia 8 de outubro. Além disso, a diretoria alvinegra trabalha para avaliar melhor o elenco e ver a possibilidade de buscar reforços pensando na Superliga B, que deve ser confirmada para janeiro. 

No próximo sábado, às 20h, o Botafogo recebe o Flamengo, no ginásio Oscar Zelaya. Já o Canto do Rio enfrenta os rubro-negros, nesta quinta-feira, às 20h, na Gávea.

foto: Vítor Silva/SSPress/Botafogo

(Paulista) Com playoffs definidos, Brasil Kirin já pensa no Santo André

No último domingo terminou a fase classificatória do Campeonato Paulista – Divisão Especial. Com melhor campanha entre as seis equipes participantes e sem perder um único jogo, a Funvic/Taubaté garantiu a primeira colocação e a vaga direta nas semifinais da competição. O mesmo aconteceu com o Sesi-SP, segundo colocado, que também passou direto para a próxima fase. As duas equipes aguardarão os confrontos de quarta de final para conhecerem seus adversários.

As quartas de final reunirão as equipes do Vôlei Brasil Kirin (3º) x Super Vôlei/Santo André (6º) e São Bernardo (4º) x Climed/Atibaia (5º). Os jogos de ida ocorrem no dia 1º de outubro e as partidas de volta no dia 5. O sistema de disputa prevê que os playoffs serão em duas partidas, com a definição, em caso de empate, sendo feita pelo Golden Set (set extra de 25 pontos realizado imediatamente após o segundo jogo). 

“Temos praticamente uma semana entre nosso último jogo, contra São Bernardo, e o primeiro dos playoffs. Por isto, decidimos dar um descanso aos jogadores no começo da semana e trabalhar forte perto da data do jogo. Assim, conseguimos distribuir melhor os treinamentos e evitar um período muito arrastado”, explicou o técnico Horacio Dileo, que analisou o confronto.

“Enfrentaremos um time jovem, que entra em quadra a vontade por não ter tanta responsabilidade de buscar a vitória, por isto temos que jogar concentrados do primeiro ao último saque e nos preocuparmos em construir nosso jogo. Esperamos encontrar dificuldades, mas trabalharemos para conseguir superá-las”, encerrou o técnico do Vôlei Brasil Kirin.

Confira as quartas de final:

01/10 (sábado)
19h30 - Climed/Atibaia x São Bernardo, no Elefantão

02/10 (domingo)
19h30 - Super Vôlei/Santo André x Brasil Kirin, no Pedro Dellantonia (Sportv)

05/10 (quarta-feira)
19h - São Bernardo x Climed/Atibaia, no Abi Moyses Dib
20h30 - Brasil Kirin x Santo André, no Taquaral (Sportv)

foto: Brasil Kirin/Divulgação

Acordo com governo gaúcho deixa Bento Vôlei perto da Superliga 2016/2017

Uma verdadeira força tarefa foi montada para fazer o Bento Vôlei disputar a Superliga 2016/2017, que tem previsão para iniciar no final de outubro. Desde que o governo do Rio Grande do Sul suspendeu os repasses do pró-esporte, o clube vinha encontrando dificuldades para fechar seu orçamento visando a principal competição nacional. Na última segunda-feira, uma reunião deixou alinhavado um acordo.

A diretoria do Bento Vôlei, juntamente com integrantes da Confederação Brasileira de Vôlei, da Federação Gaúcha de Vôlei, do Poder Público Municipal de Bento Gonçalves e do Legislativo Estadual realizaram um encontro com membros do Governo do Estado para buscar ajustes ao novo edital (lançado na última semana) do Pró-Esporte. Para se ter uma ideia, sem recursos desse projeto o time teria um déficit mensal de aproximadamente R$ 80 mil.

O Estado reabriu o edital suspenso devido a irregulares que não envolviam o Bento Vôlei, porém apenas a partir do próximo dia 15 de dezembro. Como a equipe da Serra estreia no Campeonato Gaúcho ainda em setembro e na Superliga em outubro, os empenhos financeiros realizados até a data do edital não poderiam ser custeados pelo Pró-Esporte. Para se ter uma ideia, o clube já captou as empresas e depende apenas da retomada do projeto para iniciar o recebimento de patrocínios.

“Esta reunião representa uma importante sensibilização de todas as esferas – da federação, da confederação, do prefeito de Bento e do legislativo estadual. O poder público municipal de Bento Gonçalves argumentou junto ao Estado sobre a importância do Bento Vôlei para a comunidade e o transtorno que a saída da Superliga causaria. Houve o entendimento Executivo Estadual sobre o real motivo do encontro. Saímos satisfeitos pela convergência de forças e a expectativa de uma possível solução. Aguardamos pelos próximos dias um resultado positivo fruto da reunião”, explicou o presidente do Bento Vôlei, Marcos Paulo Machado.

“O Bento Vôlei é muito importante para o vôlei brasileiro. Seria muito negativo não participar da Superliga. É um grande player, que gera grandes paixões e públicos em seus jogos”, afirmou Ricardo Trade, CEO da Confederação Brasileira de Vôlei.

“O encontro de hoje foi um somatório de esforços em prol do vôlei gaúcho. O Governo do Estado entendeu a relevância do projeto. O Bento Vôlei, além do time principal, tem vários projetos envolvidos, entre eles o atendimento a 800 crianças em projetos sociais”, disse o presidente da Federação Gaúcha de Vôlei, Carlos Cimino.

foto: Bento Vôlei/Divulgação

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Campeonato Italiano confirma ‘Vídeo Check’ e terá canal exclusivo na internet

Encontrar a fórmula perfeita para um campeonato não é tarefa das mais fáceis, já que é difícil fazer com que todos os envolvidos se sintam satisfeitos. Entretanto, o Campeonato Italiano 2016/2017 promete modificar isso, trazendo aos clubes, patrocinadores e torcedores muitas novidades. As principais são a presença do ‘vídeo check’ nas partidas e a criação de um canal exclusivo da competição via internet.

O ‘Desafio’ chamou a atenção de todos durante os Jogos Olímpicos Rio/2016, porém não foi de todo aprovado. Os dirigentes italianos confirmaram a presença de um novo software que promete mais precisão e velocidade nos desafios diminuindo ainda mais a duração de uma partida. Vale lembrar que somente lances na rede e nas linhas serão avaliados pelo sistema.

Além de acertar com uma rede de televisão aberta e outra de canal por assinatura, os organizadores do Campeonato Italiano foram atrás de uma produtora capaz de criar um canal de internet exclusivo para a competição, que além de mostrar ao vivo os jogos, ainda trará entrevistas, curiosidades e tudo que o amante do voleibol gostaria de ter para assistir. 

Considerado o principal campeonato nacional de voleibol do mundo, a Série A1conta com 14 equipes nesta edição, que se enfrentam em turno e returno na fase classificatória. As oito melhores se enfrentam nos playoffs, sendo que quartas de final, semifinais e a decisão são disputadas em séries melhores de cinco partidas. A primeira rodada está marcada para o dia 2 de outubro.

foto: Lega Pallavolo Serie A/Divulgação

Campeonato Carioca terá seis times e final pode ser no Parque Olímpico

O Campeonato Carioca 2016 começa oficialmente no dia 8 de outubro e terá a presença de seis clubes, que se enfrentarão em turno único. Na sequência ocorre o cruzamento olímpico entre os quatro melhores, até a decisão que ocorrerá em apenas um jogo no dia 17 de novembro. Estarão na disputa os tradicionais Botafogo, Flamengo e Tijuca, além dos estreantes FME/Campos, Universo e Sesc-RJ.

“Fomos consultados pela Federação Carioca de Vôlei sobre o Campeonato Estadual ocorrer na Arena Olímpica, com tudo pago pelo Ministério do Esporte e televisionado pelo Sportv”, declarou o diretor de vôlei do Botafogo, Guilherme Lopes, no encerramento do quadrangular internacional ocorrido em General Severiano, que contou com o Alvinegro e o Sesc-RJ.

Pelo que se viu da tabela oficial, apenas as semifinais e a decisão não tem locais definidos, porém o que se fala nos bastidores é que a decisão pode acontecer em uma das Arenas do Parque Olímpico, com transmissão do Sportv. No momento, apenas três dos seis clubes estão encaram a Taça Rio, espécie de aperitivo para o Estadual.

Participantes do Estadual no ano passado, Canto do Rio, que disputa a Taça Rio, e Atlético Real, de Volta Redonda, não estarão na edição deste ano. Vale destacar que os três últimos campeões estarão na disputa: Tijuca (2013), Flamengo (2014) e Botafogo (2015).

Confira a tabela:

1ª rodada
08/10 – Tijuca x Universo
09/10 – Universo x FME/Campos
09/10 – Botafogo x Tijuca

2ª rodada
11/10 – Sesc-RJ x Universo
13/10 – Botafogo x Flamengo
14/10 – FME/Campos x Sesc-RJ

3ª rodada
16/10 – Botafogo x FME/Campos
16/10 – Flamengo x Universo
20/10 – Sesc-RJ x Flamengo

4ª rodada
23/10 – Tijuca x Sesc-RJ
23/10 – Universo x Botafogo
23/10 – Flamengo x FME/Campos

5ª rodada
05/11 – Botafogo x Sesc-RJ
05/11 – Tijuca x FME/Campos
08/11 – Flamengo x Tijuca

foto: Divulgação

(Paulista) Brasil Kirin vence São Bernardo e termina primeira fase em 3º lugar

Na última partida da fase classificatória do Campeonato Paulista – Divisão Especial, o Vôlei Brasil Kirin não deu chances para São Bernardo e venceu por 3 sets a 0, parciais de 25/13; 25/16; 25/22, no ginásio do Taquaral. Com o resultado, o time de Campinas manteve a 3ª posição, com 10 pontos, enquanto a equipe do ABC parou nos cinco pontos e fechou essa fase no 4º lugar.

O Vôlei Brasil Kirin mostrou seriedade desde o início e construiu a vitória com naturalidade. Antes mesmo da primeira parada, após dois bloqueios de Maurício Souza, o time campineiro abriu três pontos de vantagem (6 a 3) e obrigou o adversário a pedir tempo. A paralisação não desconcentrou os donos da casa, que seguiram firmes. Após dois aces seguidos de Ygor Ceará, os visitantes voltaram a parar o jogo. Seguros na defesa e rodando contra-ataques com os ponteiros Ygor e Diogo (9 pontos combinados), os comandados de Horacio Dileo foram para a segunda parada com 11 pontos de vantagem (16 a 5) e fechou o primeiro set com tranquilidade: 25 a 13.

Sem deixar o ritmo cair, o Vôlei Brasil Kirin encaixou uma boa sequência de saque com Rodriguinho logo no começo do segundo set. O levantador foi para o serviço nove vezes, o time campineiro foi pontuando em bloqueios de Vini e erros da recepção adversária e a vantagem chegou a oito pontos de diferença (9 a 1). Horacio Dileo colocou em quadra Jotinha e Bruno Temponi e os donos da casa mantiveram o embalo. Com direito a bloqueio de Maurício na reta final, os campineiros fecharam o segundo set em ataque de Temponi: 25 a 16. 

No terceiro set, São Bernardo voltou com uma postura agressiva e equilibrou o jogo. Os times foram trocando pontos durante a parcial e protagonizaram grandes rallys. Na segunda parada, o time visitante conseguiu abrir dois pontos de vantagem (16 a 14) e manteve a frente até os momentos finais. Em passagem de Diogo pelo saque, a torcida cresceu junto e o Vôlei Brasil Kirin conseguiu a virada (23 a 22). Com a mão quente do camisa 7 no serviço, o time campineiro fechou o jogo em erro de recepção do adversário: 25 a 22. 

“Tivemos uma boa atuação. Jogamos seguros, com tranquilidade. No terceiro set, eles arriscaram tudo, cresceram e conseguiram equilibrar, mas botamos as coisas em ordem e fechamos sem problemas. Colocamos alguns jogadores que não vinham entrando tanto para dar ritmo de jogo, pois precisaremos de todos durante a temporada e saio feliz com o desempenho do time como um todo e das peças individuais”, comentou o técnico Horácio Dileo.

Nas quartas de final, o Vôlei Brasil Kirin encara o Super Vôlei/Santo André, com o primeiro jogo marcado para o dia 2, no ginásio Pedro Dellantonia e o segundo para o dia 5, no ginásio do Taquaral. Já o São Bernardo enfrenta a Climed/Atibaia, com o primeiro jogo no Elefantão e o segundo no ginásio Adib Moyses Dib.

foto: Cinara Picollo/Brasil Kirin/Divulgação

(Paranaense) Caramuru/Castro chega a 16ª vitória e mantém 100%

Jogando na cidade de Irati, o M.V.Selmer/Compagás/Caramuru/Castro venceu, por duas oportunidades, o ASPMA/Araucária/Berneck, no ginásio Agostinho Zarpellon Jr., pelo Campeonato Paranaense – Divisão Especial. No sábado, os comandados de Fabio Sampaio fizeram 3 sets a 0, parciais de 25/15, 25/21 e 25/17, enquanto no domingo a vitória foi por 3 sets a 1, parciais de 25/20, 24/26, 25/19 e 25/19.

“Durante essa reta final da competição, estamos alternando bastante os atletas e isso fez com que a equipe evoluísse. Hoje, alguns atletas que eram usados na Superliga B para composição de elenco passaram a ser referência, como é o caso do Robinho, Alisson e Luca”, destacou o técnico Fábio Sampaio, que agora pensa na decisão do Estadual e na formação do elenco para a Superliga.

“A sequência do campeonato é um incógnita, pois todas as nossas atenções estarão voltadas para a Superliga. As finais estão marcadas exatamente no meio de um ciclo de treinamento que é bastante importante, onde estaremos a menos de 15 dias da nossa estreia. É uma pena que Castro está há quatro anos tentando chegar a uma final e agora terá que, praticamente, abrir mão da sua equipe principal por conta do calendário. Mas vamos verificar junto à comissão técnica, para utilizar o máximo de atletas do elenco principal”, completou o treinador de Castro.

Com esses resultados, o M.V.Selmer/Compagás/Caramuru/Castro chegou aos 47 pontos e sua 16ª vitória, mantendo assim a liderança isolada e o 100% de aproveitamento na competição. Mesmo com as derrotas, a ASPMA/Araucária/Berneck segue na segunda colocação com 28 pontos, na frente de Foz do Iguaçu/Pisossul (15), AMVP/Maringá (8) e Toledo/Prati-Donaduzzi (4).

Mesmo restando três confrontos para o término da fase classificatória, a final será entre M.V.Selmer/Compagás/Caramuru/Castro e ASPMA/Araucária/Berneck. Os duelos acontecerão nos dias 12, 15 e 16 de outubro. Os araucarianos farão a primeira partida em casa, depois seguirão para a Castro. Com a melhor campanha, os castrenses farão os dois últimos jogos em seus domínios.

foto: Osmair Turko

domingo, 25 de setembro de 2016

São Bernardo fica com a medalha de ouro nos Jogos Abertos do Interior

Com uma campanha irretocável, o São Bernardo Vôlei conquistou a medalha de ouro nos Jogos Abertos do Interior, que terminaram neste domingo na cidade de São Bernardo do Campo. Os comandados de Douglas Chiarotti venceram as cinco partidas que realizaram na competição, sendo que na decisão superaram a Climed/Atibaia por 3 sets a 1, parciais de 25/21, 26/24, 19/25 e 25/20.

“Ser campeão é momento em que você reflete tudo o que fez até aqui. Na hora é uma explosão de sentimentos que não sabemos como segurar. Nossa equipe é bem jovem, mas sempre guerreira. Temos muito a crescer com essa vitória, mas a partir de agora é voltar à nossa rotina e pensar no Campeonato Paulista”, declarou o técnico Douglas Chiarotti.

Ainda neste domingo, às 17h, o São Bernardo volta a quadra para enfrentar o Brasil Kirin, no ginásio do Taquaral, pela última rodada da fase classificatória do Campeonato Paulista – Divisão Especial. Na 4ª posição, com cinco pontos, o time do ABC tenta a vitória para assumir o 3º lugar, hoje da equipe de Campinas, com sete pontos.

Confira os resultados:

1ª Rodada
São Bernardo 3 x 0 Santo André, parciais de 25/19, 25/19 e 26/24
Mogi das Cruzes 1 x 3 Atibaia, parciais de 25/22, 19/23, 25/23 e 22/25

2ª Rodada
São Bernardo 3 x 1 Atibaia, parciais de 25/21, 25/17, 27/29 e 25/21
Santo André 0 x 3 São José dos Campos, parciais de 19/25, 14/25 e 16/25

3ª Rodada
Atibaia 3 x 1 Santo André, parciais de 22/25, 25/15, 25/21 e 25/12
Mogi das Cruzes 3 x 1 São José dos Campos, parciais de 25/19, 17/25, 26/24 e 25/20

4ª Rodada
São Bernardo 3 x 0 São José dos Campos, parciais de 25/15, 25/21 e 25/19
Santo André 0 x 3 Mogi das Cruzes, parciais de 20/25, 23/25 e 14/25

5ª Rodada
São José dos Campos 1 x 3 Atibaia, parciais de 21/25, 18/25, 25/20 e 28/30
São Bernardo 3 x 1 Mogi das Cruzes, parciais de 23/25, 25/18, 28/26 e 25/20

Final
São Bernardo 3 x 1 Atibaia, parciais de 25/21, 26/24, 19/25 e 25/20

foto Raquel Toth