sexta-feira, 17 de abril de 2015

Funvic/Taubaté se aproxima de anunciar Riad e Lucarelli

Pelo visto, a diretoria de Taubaté pretende deixar o time ainda mais forte para a temporada 2015/2016. Depois de confirmar as contratações do oposto canadense Gavin Schmitt e do central Otávio, a equipe do Vale do Paraíba está bem perto de anunciar as chegadas do ponteiro Lucarelli e do central Riad, que estavam no Sesi-SP. Os dois estariam em conversas adiantadas com o clube, porém as assinaturas só devem ocorrer no próximo mês.

“Ainda não há nada oficial. As possibilidades estão sendo analisadas. Existem boas chances de concretização de uma proposta. A situação é muito favorável e o desfecho deve acontecer nos próximos 45 dias, no final de maio”, disse o Supervisor da Funvic/Taubaté, Ricardo Navajas.

Lucarelli tem proposta do voleibol italiano, mais precisamente do Perugia, porém a negociação está parada devido a presença do time nos playoffs da Serie A1. O Taubaté já teria sinalizado um contrato de dois anos e um salário melhor do que ele ganhava no Sesi-SP. Já Riad se encaixa no perfil buscado pelo técnico Cezar Douglas, ou seja, com experiência e bastante regular nas partidas.

Com o interesse em Lucarelli e Riad as especulações que alguns atletas vão deixar o clube aumentaram. O ponteiro Dante tem proposta do voleibol russo e japonês, enquanto o oposto Lorena não deve continuar devido a chegada de Gavin Schmitt. De certo mesmo, Lipe, Rapha e Felipe seguem no clube.

foto: Alexandre Arruda/CBV

Brasil Kirin renova com Alexandre Stanzioni, central Vini e líbero Pará

Nesta sexta-feira, a diretoria do Brasil Kirin acertou a renovação do contrato do técnico Alexandre Stanzioni, que chegou ao time ano passado e agora está garantido no comando da equipe na temporada 2015/2016. Além dele, mais dois jogadores tiveram suas permanências confirmadas, casos do central Vini e do líbero Pará. Os atletas são os primeiros anunciados para a sequência do projeto, que passará por algumas mudanças.

“Fico feliz com a confiança depositada em mim para dar continuidade ao trabalho que iniciei no ano passado, quando tivemos algumas lesões no meio da temporada, o que afetou nosso objetivo final. Neste ano, com a manutenção de jogadores chave e algumas alterações, tenho certeza de que poderemos ir atrás de mais títulos com o Vôlei Brasil Kirin”, declarou Alexandre Stanzioni, que no primeiro ano de comando garantiu o título da Copa São Paulo e a medalha de prata na Copa Brasil.

A eliminação nas quartas de final da Superliga 2014/2015 para o Minas Tênis Clube, com um orçamento menor, não estava nos planos do Brasil Kirin e as mudanças para a nova temporada devem ser grandes. Especula-se que jogadores experientes como o levantador Sandro e os ponteiros João Paulo Bravo e João Paulo Tavares deixem o clube e a diretoria do time de Campinas já estaria de olho no argentino Demian Gonzalez, levantador da UPCN.

foto: Brasil Kirin/Divulgação

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Caffé Aiello, de Banderó, vence novamente e se aproxima de final

O Caffè Aiello está a uma vitória de conquistar a almejada vaga na grande final do Campeonato Italiano Série A2. A equipe de Felipe Banderó venceu por 3 sets a 1, parciais de 18/25, 25/20, 25/15 e 25/15, o Service Ortona, e abriu dois a zero na série melhor de cinco jogos da semifinal. Em caso de vitória no próximo domingo, 19 de abril, o time do oposto brasileiro estará na decisão.

“Foi um jogo tenso do início ao fim. Ortona começou a partida muito agressivo, e nosso time muito tenso. No segundo set começamos a jogar com mais tranquilidade, e colocamos a pressão do lado adversário. Após os erros do primeiro set, reagimos e conseguimos impor nosso ritmo de jogo, utilizando nossas principais armas que são o saque e o bloqueio, e vencemos o jogo”, explicou o camisa 10, que prega pés no chão para o duelo de domingo.

“Temos que melhorar poucas coisas, é hora de virar a página e nos concentrar no jogo do próximo domingo. Estamos com os pés no chão, sabemos que não conquistamos nada, e por isso, temos que manter o foco e concentração, pois a pressão está totalmente do lado de Ortona”, finalizou o oposto.

foto: Divulgação

Jovens destaques da Superliga são convocados por Rubinho

Pensando nos Jogos Pan-Americanos e no Campeonato Mundial Sub-23, a comissão técnica da Seleção Brasileira chamou alguns jogadores para trabalhar no Centro de Desenvolvimento de Voleibol, em Saquarema, sob o comando dos treinadores Bernardinho e Rubinho. Com a Liga Mundial também na pauta, a intenção é colocar alguns garotos junto aos mais experientes, porém fica evidente o olhar atento aos destaques da Superliga 2014/2015.

“Temos três competições importantes esse ano, sendo duas em paralelo. Vamos trabalhar com um grupo maior para termos opções para a Fase Final da Liga Mundial e para os Jogos Pan-Americanos. Também temos o Mundial Sub-23, onde vamos em busca de mais um título. Nesta fase inicial, todos treinam juntos, já que os dois grupos ainda estão incompletos”, explicou Rubinho.

Oito jogadores já treinam na Escola de Educação Física do Exército, na Urca, com Rubinho, casos do levantador Murilo Radke, dos centrais Maurício, Flávio, Pedrão e Tiago Barth, dos ponteiros Bruno Canuto e João Rafael, e do líbero Tiago Brendle. Na próxima segunda-feira, outros dez atletas se apresentarão: os levantadores Raphael e Fernando, os opostos Alan e Rafael, os centrais Otávio e Sidão, os ponteiros Lipe e Douglas e os líberos Felipe e Mário Jr.

Confira os convocados:

Levantadores: Rapha, Fernando Cachopa e Murilo Radke
Opostos: Alan e Rafa Araujo
Centrais: Flávio, Pedrão, Tiago Barth, Otávio, Maurício e Sidão
Ponteiros: Bruno Canuto, João Rafael, Douglas Souza e Lipe
Líberos: Tiago Brendle, Felipe e Mario Jr.

foto: Alexandre Arruda/CBV

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Lucarelli teria acertado transferência para o voleibol italiano

Na última semana, antes mesmo da decisão da Superliga 2014/2015, a Gazzetta dello Sport, principal jornal esportivo da Itália, dava como certa a contratação do ponteiro Lucarelli pelo Perugia. O clube europeu teria sondado o brasileiro em março para tentar inscrevê-lo para os playoffs da Serie A1, porém não teve sucesso devido a pressão do Sesi-SP em contar com o jogador.

Lucarelli já teria confirmado a amigos o interesse de atuar na Europa e, principalmente em uma liga forte como a italiana. Se acertar com o Perugia terá como companheiros o levantador argentino De Cecco, o ponteiro sérvio Atanasijevic e o oposto norte-americano Sunder. Especula-se que o jogador também se preocupou em conversar com Bernardinho sobre a sua ida para o exterior.

Nos últimos anos, Lucarelli, ao lado de Wallace, passou de revelação para uma certeza na Seleção Brasileira. Titular absoluto, o ponteiro vem crescendo a cada temporada e uma ida para a Itália pode aprimorar ainda mais o seu talento, além de ser uma experiência importante na sua carreira. O Sesi-SP já estaria observando o mercado para buscar um substituto com o mesmo perfil e Bruno Canuto, hoje no Minas Tênis Clube, seria o preferido.

foto: Alexandre Arruda/CBV

Perto de parceria com São Paulo, Taubaté anuncia dois reforços

Ao que tudo indica, o São Paulo Futebol Clube ingressará no voleibol através de uma parceria com Taubaté. As duas partes já chegaram a um acordo e restariam pequenos detalhes para que a assinatura seja feita e ocorra o anuncio oficial. Em resumo, a equipe seguirá atuando no ginásio Abaeté, porém vestiria o uniforme e o emblema do Tricolor, o que auxiliaria na busca por novos patrocinadores.

“Estamos com conversas bem adiantadas (com o São Paulo), mas ainda em fases de trâmites. Existe uma grande possibilidade de fecharmos o acordo. O próximo passo agora é assinar o contrato com o São Paulo. Só falta assinar”, disse o supervisor de Taubaté, Ricardo Navajas, em entrevista ao globoesporte.com.

Quanto a elenco, após confirmar a permanência do técnico Cezar Douglas e segurar atletas que já tinham contrato (o líbero Felipe, o ponteiro Lipe e o levantador Rapha), o Taubaté confirmou as contratações do oposto canadense Gavin Schmitt, que estava no Arkaz Izmir, da Rússia, e do central Otávio, que defendeu o Minas Tênis Clube na última Superliga.

foto: FIVB/Divulgação

Banderó faz grande jogo e Caffè Aiello começa semifinal na frente

As semifinais da Serie A2 do Campeonato Italiano começaram com o pé direito para Felipe Banderó. Jogando fora de casa, no último domingo, o Caffè Aiello levou a melhor contra o Service Ortona ao vencer, de virada, por 3 sets a 1, parciais de 25/21, 14/25, 21/25 e 20/25. Destaque na partida, o oposto brasileiro foi o maior pontuador do jogo com 21 acertos pontos e agora se prepara para ampliar a vantagem em casa, nesta quarta-feira.

“Conquistamos uma importantíssima vitória pelas semifinais em um jogo muito difícil na casa do adversário. Muito importante abrir a série com o pé direito. Fizemos um grande jogo hoje, e continuamos a crescer. Esperávamos uma partida complicada e foi isso que encontramos. Jogamos um primeiro set muito equilibrado e com muitos erros, mas no segundo set as coisas se inverteram (...) Ortona é um adversário de muita qualidade, teremos que estar atentos para o próximo jogo. Temos que dar cada passo com muito cuidado, pois sabemos as armas que o adversário possui. Voltamos para Corigliano e temos que rapidamente virar a página, pois não teremos tempo para pensar.Quarta-feira voltamos a jogar contra o mesmo adversário”, analisou o camisa 10.

O Ortona terminou a fase classificatória em primeiro lugar e por isso tem vantagem de fazer mais jogos em casa na serie melhor de cinco. Na outra semifinal da série A2 do Campeonato Italiano, o Globo Banca Sora levou a melhor, em casa, sobre o Potenza Picena vencendo por 3 sets a 1, parciais de 25/20. 25/23, 24/26 e 25/23.

foto: Divulgação

terça-feira, 14 de abril de 2015

Hypo Tirol, de Lukinha, se aproxima de mais um título na Áustria

O Hypo Tirol está bem próximo de comemorar mais um título na Áustria. Na decisão da AVL, a equipe que é atual campeã nacional abriu 2 a 0 na serie final contra o SK Posojilnica Aich/Dob. Na primeira partida, realizada no dia 8, a equipe do líbero Likinha venceu, em casa, por 3 sets a 1, parciais de 25/21, 25/21, 22/25 e 29/27, enquanto no último sábado a vitória, fora de seus domínios, foi por 3 sets a 0, parciais de 21/25, 25/27 e 21/25.

“Não fizemos um jogo tão bom quanto os últimos, estivemos abaixo em um fundamento que sempre foi nossa virtude, que é o saque. Isso acabou dificultando um pouco as coisas”, disse Lukinha após a vitória na primeira partida em Innsbruck.

Atual campeão da Liga da Áustria, o Hypo Tirol, que conta ainda com os brasileiros Douglas, Pedro Francês e Gabriel, segue invicto na competição. O único ponto perdido foi em uma vitória por 3 sets a 2, justamente contra o adversário na final. Por isso a atenção é redobrada de todos.

“Não há pressão para manter a série invicta. Claro que todos pensamos nisso, seria histórico levar o time a um título invicto. E acredito que para os atletas também seria uma grande conquista”, concluiu Lukinha, que se prepara para o duelo da próxima quarta-feira.

foto: Christian Forcher