segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Com estrangeiros em destaque, Brasil Kirin apresenta elenco de forma oficial

Na manhã desta segunda-feira, o elenco do Brasil Kirin foi oficialmente apresentado para a temporada 2015/2016 na fábrica do patrocinador máster, em Itu. O grupo passou por uma reformulação grande e o destaque fica por conta da presença de dois estrangeiros, no caso o levantador argentino Demian Gonzalez e o ponteiro romeno Olteanu. Além deles, o clube paulista trouxe o líbero Tiago Brendle, o central Maurício Souza e os ponteiros Lucas Lóh, Ygor Ceará e Piá.

Dos atletas que disputaram a temporada passada, foram mantidos no grupo os centrais Vini, Luizinho e Michael, os opostos Wallace e Baiano, o levantador Jotinha e o líbero Pará. O treinador segue sendo Alexandre Stanzioni, que liderou o time na conquista do seu primeiro título (a Copa São Paulo, na temporada passada).

“Muito feliz em seguir com esse projeto tão sólido. Temos um ótimo grupo para essa temporada e quero que todos possam mostrar seu melhor voleibol em todas as competições. Nossa meta é conquistar títulos”, declarou Alexandre Stanzioni.

“Esse é meu segundo ano como coordenador técnico e posso dizer que a temporada passada, que fiz a transição de atleta para meu novo cargo, foi de muito aprendizado. Estou pronto para mais uma temporada e feliz com o time que foi formado, que tem muita qualidade e consciência de que teremos muito trabalho, mas que colheremos os resultados dos nossos esforços”, disse o coordenador técnico da equipe, André Heller.

As novidades do Brasil Kirin para 2015/2016 não se limitam ao time. A equipe lançou um novo distintivo e fechou parceria com a Kappa, que será o fornecedor oficial de material esportivo do time campineiro nesta temporada. 

Confira o elenco:

Levantadores: Demian Gonzalez e Jotinha
Centrais: Maurício Souza, Luizinho Vini e Michael
Ponteiros: Piá, Ygor Ceará, Lucas Lóh e Olteanu
Opostos: Wallace e Baiano
Líberos: Pará e Tiago Brendle

foto: Brasil Kirin/Divulgação

domingo, 2 de agosto de 2015

(Liga Nacional) Com duas vitórias, Montes Cristo leva a Copa Centro-Oeste

A Liga Nacional Sub-23 conheceu mais um campeão neste final de semana, quando pelo Grupo III, também chamada Copa Centro-Osete, o Monte Cristo venceu os dois jogos que fez diante do Flamengo/Gurupi, do Tocantins. Com apenas as duas equipes participando, a disputa pelo título ocorreu em uma serie melhor de três, em partidas foram realizadas no ginásio da Cidade Jardim, em Goiânia.

No primeiro jogo, realizado na sexta-feira, Monte Cristo venceu o Flamengo/Gurupi por 3 sets a 2, parciais de 26/24, 25/21, 23/25, 16/25 e 15/8. Já no sábado, a equipe comandada pelo técnico Paulo Martins ganhou de 3 sets a 1, parciais de 26/24, 26/24, 22/25 e 25/23. No elenco do time goiano muitos atletas da região cedidos por clubes do Estado, em uma parceria que pode ser mantida para a sequência da temporada.

“Conversei com os clubes e tivemos uma boa receptividade”, declarou o técnico Paulo Martins, que agora vai pensar na fase final da Liga Nacional Sub-23 e tem planos para colocar a equipe na Superliga B.

Vale lembrar que Monte Cristo ganhou a Superliga B em 2013, garantindo assim o direito de disputar a Superliga 2013/2014, porém por falta de investidores acabou se mudando para Montes Claros. Atualmente não existe nenhuma ligação entre a equipe goiana e o clube mineiro, que segue na elite nacional.

Com o título da Copa Centro Oeste, o Monte Cristo está classificado para a fase final da Liga Nacional Sub-23, onde já se encontram o Vitoria/FSBA (campeão da Copa Nordeste), o AA. Nilton Lins (campeão da Copa Norte) e a Academia de Vôlei Futebol (campeão da Copa Sudeste). A CBV ainda não informou local e datas, porém ainda resta a definição do campeão da Copa Sul.

foto: Divulgação

(Copa SP) São José dos Campos vence São Bernardo e vai para a semifinal

Na estreia da Copa São Paulo, o São José dos Campos venceu o São Bernardo por 3 sets a 1, parciais de 26/24, 24/26, 25/17 e 25/18, no ginásio do Tênis Clube/SJC. Com a vitória, o time do Vale do Paraíba, que não contou com Mário Jr. Cristian Poglajen, Dante e o técnico Leonardo Carvalho, se classificou para as semifinais, onde enfrentará o Brasil Kirin, atual campeão. 

No início da partida, o São José dos Campos é superior, abre boa vantagem e vence o primeiro set sem muitas dificuldades, mas com placar apertado de 26 a 24. Na segunda parcial, São Bernardo aproveitou a falta de entrosamento do adversário, abrindo quatro pontos no placar. No final, com erros dos donos da casa, a equipe do ABC fechou em 24 a 26.

A partida permaneceu acirrada no terceiro set, mas o São José dos Campos encaixou bons contra-ataques, tendo atuações destacadas do ponteiro Diogo e do central Everton, tanto que a equipe fez 25 a 17. No quarto período, muita vibração da torcida que compareceu em bom número e promovendo lances bonitos, o time do Vale do Paraíba venceu por 25 a 18.

“Estrear com vitória é ótimo. A estreia é sempre nervosa e ainda não estamos na totalidade da nossa capacidade física, precisamos melhorar nossa linha de passe, mas o jogo foi bom, temos um longo caminho pela frente”, disse o levantador Rodriguinho.

“Eu vou pra casa feliz, vencer é sempre recompensador. Estamos encaixando nosso jogo, conversando em quadra para atingir nossos objetivos. Ainda é começo, temos muito o que ajustar (...) Esta torcida é maravilhosa e fundamental. Já conhecia essa energia da torcida joseense e tenho certeza que este ginásio vai se tornar um grande caldeirão na temporada”, afirmou o oposto Lorena.

Agora São José dos Campos dá um tempo na Copa São Paulo para pensar na seletiva que vale vaga para a Superliga 2015/2016. O torneio, que será em Brasília, ocorre de 6 a 8 de agosto e contará também com São Bernardo, Upis e Apan/Blumenau.

foto: São José Vôlei/Divulgação

(Liga Nacional) Academia de Vôlei Futel leva o título da Copa Sudeste

Contando apenas com duas equipes o Grupo IV da Liga Nacional Sub-23, também chamada Copa Sudeste, teve a Academia de Vôlei Futel como campeã. O time de Uberlândia venceu os jovens do Sada/Cruzeiro (maioria de atletas em idade de infanto) por dois dos três confrontos que os clubes realizaram nos últimos três dias no ginásio do Riacho, em Contagem.

Na primeira partida, na quinta-feira passada, a Academia de Vôlei Futel venceu o Sada/Cruzeiro por 3 sets a 1, parciais de 28/26, 21/25, 27/25 e 25/20, abrindo vantagem na serie. Já na sexta-feira, as duas equipes fizeram um duelo bastante equilibrado que acabou com a vitória celeste por 3 sets a 2, parciais de 17/25, 22/25, 25/19, 25/22 e 15/09. Os ponteiros Ramme, do Sada/Cruzeiro, e Henrique, do Futel, foram destaques com 18 acertos cada.

Com 1 a 1 na serie, a decisão aconteceu no sábado e a equipe do Triangulo Mineiro levou a melhor vencendo por 3 sets a 1, parciais de 25/23, 19/25, 25/22 e 25/19. Com o resultado, a Academia de Vôlei Futel se classificou para a fase final da Liga Nacional Sub-23, onde já se encontram o Vitoria/FSBA (campeão da Copa Nordeste) e o AA. Nilton Lins (campeão da Copa Norte).

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Henrique Adami, Moreno, Ramme, Jeff, Bruno, Franco e Juan (líbero)
entraram: Cristiano, Carlos Junio e Vitor
Técnico: Beto Martelete

Academia do Vôlei Futel: Heitor, Junio, Lupp, Henrique, Marco Túlio, Kauan e Plínio (líbero)
entraram: Gabryel, Bezerrão e Iury
Técnico: Manoel Honorato

foto: Renato Araujo/Sada/Cruzeiro

sábado, 1 de agosto de 2015

(Copa SP) São José dos Campos e São Bernardo fazem a partida de abertura

Começa neste sábado, às 19h, a Copa São Paulo, torneio que serve de preparação para as equipes visando o Campeonato Paulista. Na quadra do ginásio Tênis Clube se enfrentam São José dos Campos e São Bernardo, em uma espécie de prévia para a seletiva que ocorrerá nos próximos dias em Brasília por uma vaga na Superliga 2015/2016.

O São José dos Campos, que passou por uma verdadeira reformulação, chega com uma equipe bastante forte, contando com nomes de peso do cenário nacional, como o oposto Lorena, o ponteiro Dante e o levantador Rodriguinho, porém não terá neste primeiro momento o técnico Leonardo Carvalho, que está com a Seleçao Brasileira Sub-21. Enquanto isso, Fabrízio Capello será o responsável por ficar do lado da quadra coordenando a equipe do Vale do Paraíba.

“Está tudo muito novo ainda. A equipe está se formando. Às vezes a gente passa uma pré-temporada e ainda não consegue fazer todos os ajustes que gostaríamos. Mas eu tenho certeza que ao longo do campeonato esse tático e técnico vai estar bem afinado para jogar contra qualquer equipe”, afirmou o central Everton, único remanescente da temporada passada.

No São Bernardo, o técnico Douglas Chiarotti conta novamente com um elenco bastante jovem. No último final de semana, a equipe acabou conquistando a medalha de prata nos Jogos Regionais, perdendo a final no tie-break para Osasco. Com um elenco em sua maior parte de juvenis e dois da categoria infanto do próprio clube, se destacam o levantador Queda, que estava no Voleisul/Paquetá Esportes e o ponteiro Gaúcho, que atuava no voleibol do Líbano até o ano passado.

“Temos que nos aproveitar do fato deles estarem desentrosados. Claro que eles são grandes jogadores, mas que estão sem jogar a algum tempo. Este mês teremos pelo menos quatro jogos com eles”, alertou o treinador Douglas Chiarotti.

foto: Júnior Balaio/SM PRESS

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Na busca por equilíbrio no elenco, Vôlei Canoas baixa média de idade

O Vôlei Canoas rejuvenesceu cerca de quatro anos de uma temporada para outra. Com a saída de atletas mais experientes e a chegada de novos valores, a média de idade da equipe gaúcha baixou de 30 para 26 anos. Para que a diferença não fique apenas nos números, o time trabalha forte para melhorar o entrosamento entre os remanescentes e os contratados recentemente.

O elenco de 14 atletas é dividido exatamente entre caras novas e recontratações de outras temporadas. Sandro, Ary, Mineiro, Tarcísio, Matheus, Victor Hugo e Batagim estreiam na equipe que já tinha Pallotti, Jeffe, Evandro, Rafa, Bruno, Dennis e Alê. A continuidade, no entanto, não coloca nenhum deles em zona de conforto. A cobrança é em igual intensidade, tanto que Marcelo Fronckowiak sabe como poucos mesclar equipes jovens com atletas experientes em posições chaves.

“Os jogadores mais novos sempre entram muito motivados e inspiram os mais antigos. Só que às vezes gastam energia desnecessária, e neste momento é importante a troca de experiências. A conversa entre as gerações é boa para ajustar um detalhe técnico ou tático que pode valer a vitória em um jogo”, afirmou o ponteiro Alê, de 22 anos.

“Cada dia aprendemos uma coisa nova, inclusive com os mais novos. Não importa a idade, todos temos algo de positivo a somar. Eles têm mais energia, força, velocidade. Nos estimulam a chegar a esse ponto. Mas precisamos estar entrosados para saber observar o adversário, estudá-lo e trocar informações para aprimorar algo que não estamos 100%, disse o oposto Dennis, de 38 anos.

O primeiro desafio do Vôlei Canoas na temporada 2015/2016 será o Campeonato Gaúcho, que ainda não tem data definida para começar. Já a Superliga, que começa em outubro, é o grande objetivo da equipe que na edição passada chegou aos playoffs, perdendo nas quartas de final para a Funvic/Taubaté.

foto: Matheus Beck/Vôlei Canoas

Ainda sem parceria, UFJF deve iniciar treinamentos na próxima semana

A parceria entre Flamengo e UFJF está na espera, já que a diretoria do clube carioca vem encontrando dificuldades para conseguir patrocinadores. Entretanto, o diretor do projeto da equipe de Juiz de Fora, Maurício Bara, confirmou que o time disputará a Superliga 2015/2016 e que a expectativa é de colocar um grupo de jogadores para treinar já na próxima segunda-feira.

“Pensamos em apresentar o elenco internamente no sábado e já iniciar os treinamentos na segunda (...) Poderíamos evoluir, que é a parceria com o Flamengo, como jogar a Superliga B. Mas já fizemos alguns planos B e C em que conseguimos jogar de qualquer jeito”, declarou Maurício Bara, em entrevista ao site Toque de Bola.

Até o momento, apenas o técnico Alessandro Fadul, que foi auxiliar na temporada passada, está confirmado, sendo que os líberos Fábio Paes e Tatinho devem ser os primeiros jogadores oficializados pelo clube. O certo é que a equipe terá como primeiro desafio a disputa do Campeonato Mineiro, que começa no dia 21 de agosto e vai até o dia 18 de outubro.

“Vamos de repente correr alguns riscos, o que não houve no último ano, por exemplo. Vai depender do trabalho da comissão técnica, de como as outras equipes vão se montar. O Minas, por exemplo, chegou a uma semifinal da Superliga e terceiro lugar na Copa do Brasil, praticamente mesmo resultado do ano anterior, mas com um orçamento muito menor”, afirmou Maurício Bara, que deve ter um orçamento de quase R$ 2 milhões para a temporada.

Alguns jogadores que se destacaram no elenco da temporada passada já acertaram com outros clubes, casos do central Ialisson (Funvic/Taubaté); o oposto Bérgamo (Bento Vôlei/Isabela); os também centrais Victor Hugo e Tarsicio e o ponteiro Batagim (Vôlei Canoas).

foto: Divulgação

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Após medalha de prata, Rubinho treina grupo para o Mundial Sub-23

Parte da Seleção Brasileira que estava nos Jogos Pan-Americanos de Toronto chegou na última terça-feira ao Brasil e ontem já estava em ritmo forte de treinos no Centro de Desenvolvimento de Voleibol, em Saquarema. Sob o comando do técnico Rubinho, o grupo se prepara para o Campeonato Mundial Sub-23, que será de 24 a 31 de agosto, em Dubai, nos Emirados Árabes.

“Era o mais novo do time e ganhei bastante experiência no Pan. Foi um campeonato incrível. A cada jogo, adquiríamos um pouco mais de experiência. Com certeza, voltamos de lá outros jogadores e outras pessoas. Foi muito importante para o nosso desenvolvimento como atleta e crescimento pessoal. Agora já estamos focados no Mundial”, declarou o ponteiro Douglas Souza.

“Trazer a experiência do Pan para cá, para essa preparação e, também para a disputa do Mundial Sub-23, é fundamental. A maioria não tinha vivenciado algo tão grandioso e agora vamos chegar ainda mais preparados no próximo campeonato, que vai ser bem forte. As equipes estão crescendo bastante e o nosso time também tem uma boa bagagem. Tenho certeza que vamos fazer bonito, pois estamos todos preparados”, afirmou o ponteiro João Rafael.

Antes, como preparação final, o Brasil ainda participará da Copa Pan-Americana, que será nos Estados Unidos, entre os dias 12 e 17 de agosto. De lá, a equipe seguirá com o mesmo grupo para o Mundial. Campeões na primeira edição do campeonato em 2013, em Uberlândia, os levantadores Thiaguinho e Fernandinho, o central Aracaju e o oposto Alan também estão neste grupo.

“Tivemos um grupo mais novo na disputa do Pan. O intuito era colocar alguns que estão mais próximos da seleção adulta, e junto a eles, um grupo de jogadores mais jovens ainda, que são os que vão participar do Mundial Sub-23. Até mesmo o público se empolgou com a atuação dessa equipe e demonstrou que acreditava no ouro. Trabalhamos até o final para isso, não conseguimos, mas o trabalho foi positivo”, concluiu Rubinho.

foto: Alexandre Arruda/CBV