quinta-feira, 17 de abril de 2014

Sada/Cruzeiro deve confirmar Marcelo Mendez por mais duas temporadas

Logo após a conquista da Superliga 2013/2014, a diretoria do Sada/Cruzeiro já começou a trabalhar para renovar o contrato de seus principais jogadores e, principalmente, do técnico Marcelo Mendez. Ainda não existe uma confirmação oficial, mas o comandante argentino já teria assinado por mais duas temporadas, ou seja, até maio de 2016, mantendo assim o trabalho que desenvolve no clube desde 2009.

“Estamos com uma temporada muito cheia, com muitas competições e disputas importantes. O que esse grupo concluiu no Mineirinho vai ficar na história. Vencemos tudo o que disputamos e todos estão de parabéns, pois se empenharam ao máximo. Agora os jogadores precisam deste período de recuperação, antes de focarmos nosso trabalho no Mundial de Clubes”, disse Marcelo Mendez.

No momento, comissão técnica e jogadores estão de folga, mas logo após o feriado de páscoa voltam as atividades de olho no Mundial de Clubes, que ocorre entre os dias 5 e 10 de maio, em Belo Horizonte. Até o início desta competição, a diretoria celeste espera resolver outras renovações, como as do levantador William, do ponteiro Leal e do oposto Wallace, que seriam as mais complicadas.

Alguns clubes do Brasil e do exterior já demonstraram interesse nos atletas, porém quem mais vem sendo assediado é Wallace, que hoje é titular da Seleção Brasileira. O oposto teria recebido proposta do Fernerbahçe, da Turquia, mas sua vontade seria de continuar no país até pelo menos os Jogos Olímpicos Rio/2016. Outro fator que ajuda e o ranking da CBV, onde agora cada clube pode ter 40 pontos no total.

foto: Alexandre Arruda/CBV

Rapha vai para o Qatar e especulações surgem no Vivo/Minas

Nesta semana, o ponteiro Rapha, destaque do Vivo/Minas na Superliga 2013/2014 anunciou que vai depender o Army, do Qatar, na disputa da Copa do Príncipe e da Copa do Rei. O jogador, que já atuou no Oriente Médio na temporada, se apresenta ao novo clube no próximo dia 25, mas espera voltar a equipe mineira na próxima temporada.

“São competições muito tradicionais, de muito bom nível técnico, que sempre atraem muitos estrangeiros, como o Camejo, Juantorena, Kaziyski. O Army tem uma equipe muito boa, que foi formada para brigar pelos títulos dos dois torneios. Vamos lutar para isso (...) Gostei bastante de jogar no Minas e a expectativa de renovar é grande”, declarou o ponteiro Rapha.

Nos bastidores aumentam as especulações a respeito do futuro da equipe mineira para a temporada 2014/2015. O blog do jornalista Bruno Voloch informa que a Vivo (empresa de telecomunicações) pode deixar de patrocinar o clube, algo que nenhuma das partes confirma oficialmente. Por outro lado, surgem notícias de que a diretoria conversa com o oposto Leandro Vissotto, que está deixando o voleibol coreano, algo que não faria sentida caso a parceria estivesse no fim.

foto: Orlando Bento/Minas Tênis Clube

Trentino e Al Rayyan recebem convites para o Mundial de Clubes

Foram confirmados nesta semana mais três equipes participantes do Mundial de Clubes, que ocorre entre os dias 5 e 10 de maio, na cidade de Belo Horizonte. A Federação Internacional de Vôlei definiu que o Trentino, da Itália, e o Al-Rayyan, do Qatar, entrarão como convidados, enquanto Matin Varamin, do Irã, ficou com a vaga de representante asiático.

No último final de semana, em um torneio classificatório, disputado em Manilla, nas Filipinas, o Matin Varamin derrotou na decisão o Al-Rayyan por 3 sets a 1, parciais de 19/25, 25/17, 26/24, 25/16, e sagrou-se campeão asiático. Entretanto, a equipe do Qatar também vai disputar o Mundial de Clubes devido ao wild card concedido pela FIVB.

No caso do Trentino, a escolha ocorre devido as conquistas passadas do clube, que foi tetracampeão mundial (2009 a 2012). Isso porque, nesta temporada, a equipe italiana não vem bem, já que acabou eliminada nas quartas de final do Campeonato Nacional pelo Modena.

Com essas definições foram conhecidos os oito times que disputarão o Mundial de Clubes: Sada/Cruzeiro, do Brasil (anfitrião e campeão sul-americano); UPCN, da Argentina (vice-campeão sul-americano); Belogorie Belgorod, da Rússia (campeão europeu); Esperance, da Tunísia (campeão africano); Guaynabo Mets, de Porto Rico (representante indicado pela Norceca); Matin Varamin, do Irã (campeão asiático); Trentino, Itália (wild card) e Al-Rayyan, do Qatar (wild card).

foto: Divulgação

quarta-feira, 16 de abril de 2014

CBV diz que não reconhece Associação de Clubes de Vôlei

Em nota oficial, divulgada nesta quarta-feira, a Confederação Brasileira de Vôlei informou que não reconhece a Associação de Clubes de Vôlei, criada na última semana. Curiosamente, a ACV ainda não entrou em contato com a CBV, como a entidade máxima que comanda o esporte informa, porém o sabemos que uma aproximação entre as partes deve ocorrer em breve.

De acordo com o presidente da CBV, Walter Pitombo Larangeiras, mais conhecido como Toroca, a entidade foi informada da formação desta associação pela imprensa, desconhecendo, portanto, seu estatuto e seus objetivos. Entretanto, ele garante que favorável a criação de associações de técnicos, atletas, árbitros e clubes em prol do fortalecimento do esporte.

“Desta maneira, não é possível saber se os interesses da mesma estão alinhados aos objetivos do voleibol brasileiro. Para que qualquer associação seja reconhecida pela CBV, entidade máxima do voleibol brasileiro, reconhecida pela Federação Internacional de Voleibol e pelo Comitê Olímpico Internacional, a mesma deve ter suas ações em consonância com o Planejamento Estratégico do Voleibol brasileiro, elaborado pela CBV”, explicou Toroca, em seu comunicado.

foto: Divulgação

Brasil Kirin não renova com Rivetti e pode buscar Marcelo Fronckowiak

Nesta quarta-feira, a diretoria do Brasil Kirin confirmou que Alexandre Rivetti não irá comandar a equipe na próxima temporada. Mesmo com a boa campanha na Superliga 2013/2014, onde o clube ficou no terceiro lugar, o time de Campinas achou melhor não manter o treinador e já estaria analisando o mercado. O nome preferido é de Marcelo Fronckowiak, atualmente no RJ Vôlei, que ainda não sabe se o projeto carioca seguirá ativo.

“Agradecemos muito o empenho nos trabalhos realizados pelo Rivetti, que é um grande profissional. Em nome de toda a equipe, desejo sorte na sequência de sua carreira. Agora é planejar o futuro”, afirmou o supervisor do Brasil Kirin, Fernando Maroni.

Marcelo Fronckowiak ainda não se manifestou a respeito, mas o diretor-técnico do time de Campinas, Maurício Lima, já estaria em conversas adiantadas com o treinador. Por outro lado, especula-se que Alexandre Rivetti possa assumir a equipe feminina do Praia Clube.

foto: Alexandre Arruda/CBV

Volta Redonda acerta parceria e evita boatos sobre fim do projeto

A temporada 2014/2015 já começou para a diretoria do Volta Redonda e tudo indica que desta vez os boatos sobre o fim do projeto não irão aparecer. Isso porque, na última semana, o clube carioca acertou uma parceria com a Academia Können, onde os atletas realizarão os treinamentos físicos. O acordo tem prazo previsto de um ano, podendo ser renovado por igual período após o vencimento. 

“Estamos muito felizes com o retorno desse parceiro (esteve ao lado do time nas temporadas 2011/2012 e 2012/2013). É uma academia muito bem localizada, que conta com uma excelente estrutura e equipamentos de altíssima qualidade. Isso irá influenciar diretamente na preparação dos atletas e seu rendimento em quadra”, afirmou o gerente da equipe, Eduardo Fernandes.

Neste momento, o Voltaço trabalha de olho nos Jogos Abertos Brasileiros, que ocorrem entre os dias 15 e 21 de maio, em Goiânia. O técnico Fabrício Amaral conta com a base que disputou a Superliga, inclusive o ponteiro Bruno Canuto, eleito a melhor recepção da competição. O desfalque fica por conta do também ponteiro Cueva, que foi convocado pela República Dominicana. Vale lembrar que a maioria dos jogadores tem contrato com o clube carioca até o final de maio.

“Estou muito feliz com esse prêmio. Nem acreditei que estava ao lado de grandes atletas do país, que agora passaram a saber quem sou. A premiação foi bacana e me emocionou bastante. Tudo isso é fruto de muito trabalho ao longo da temporada e espero colher coisas ainda melhores”, afirmou Bruno Canuto.

foto: Voltaço Vôlei/Divulgação

Funvic/Taubaté deve confirmar levantador Rapha e mais oito reforços

Realmente, o orçamento da Funvic/Taubaté para a temporada 2014/2015 será maior e com isso, o coordenador técnico da equipe, Ricardo Navajas, já se movimenta no mercado para conseguir as melhores peças. A reformulação no elenco será quase total, tanto que nove jogadores estariam acertados, porém os anúncios oficiais só devem ocorrer após as assinaturas de contrato.

O primeiro nome da lista é do levantador Rapha, que no último final de semana conquistou a Copa da Turquia pelo Halkbank. O brasileiro recusou uma proposta para retornar ao Trentino (onde venceu quatro mundiais), com o objetivo de voltar ao voleibol do seu país. Ele passou os últimos 10 anos no exterior e seu pai e o peso de ficar ao lado da família falou mais alto neste momento.

Em negociações adiantadas estão o ponteiro Dante, campeão da Premier League pelo Panasonic Panthers, do Japão; o oposto Lorena, do Moda/Maringá; e o central Maurício, que atuava no mesmo time de Rapha, no caso o Halkbank, da Turquia. Os três já teriam acertados salários e restam pequenos detalhes para serem confirmados.

A diretoria da Funvic/Taubaté também tem bem encaminhada as negociações com três jogadores que se destacaram na Superliga passada pelo São Bernardo, casos do central Luizinho, do oposto Leozão e do líbero Felipe. Além deles, o experiente central Alberto (Montes Claros e o jovem ponteiro Thiago Sens, ex-RJX e que estava no Al Jazeera, dos Emirados Árabes devem ser anunciados.

Além desses nove reforços, alguns jogadores que foram bem na temporada devem continuar como os ponteiros Sergio e Contreras; e o central Thiago Barth. O certo é que o técnico Cezar Douglas terá uma pressão maior por resultados, já que a equipe acabou fora dos playoffs da Superliga 2013/2014 e não chegou nem as semifinais do Campeonato Paulista. 

foto: Halkbank/Divulgação

terça-feira, 15 de abril de 2014

Depois da retomada do projeto, Bento Vôlei já pensa em nova etapa

O Bento Vôlei retomou suas atividades na temporada 2013/2014 e conseguiu um vice-campeonato gaúcho, além da quinta colocação na Superliga B. A diretoria, através do presidente Marcos Paulo Machado, já começa a trabalhar pensando na sequência do projeto e nas etapas que serão importantes para formar um elenco competitivo para a temporada 2014/2015.

Na última semana, representantes da equipe estiveram reunidos com o prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin, o secretário de Turismo, Gilberto Cristino Durante, e o titular da pasta de Juventude, Esporte e Lazer, Gustavo Sperotto. A reunião serviu para apresentar relatórios do projeto e a importância do Bento Vôlei para o município gaúcho.

“Depois de mais de duas horas de reunião, saímos muito satisfeitos do encontro, pois conseguimos discutir pontos fundamentais para o voleibol 2014/2015. Entendemos que o projeto avança e temos no poder público um grande aliado disposto a fortalecer a modalidade em nosso município", relatou o presidente Marcos Paulo Machado.

No primeiro momento, o técnico Fernando Rabelo e o coordenador-geral da equipe, Rafael Fantin, o Dentinho, farão uma avaliação de jogadores oriundos das categorias de base. Na sequência serão incorporados atletas mais experientes, onde aqui será feita nova analise sobre o atual elenco. Para completar, ocorrerão contratações de peças pontuais.

Quanto as competições, o Bento Vôlei vai disputar o Campeonato Gaúcho e a Superliga B, porém antes de encarar a competição nacional, o time gaúcho pode atuar nos Jogos Abertos do Interior de São Paulo. Isso porque, um município paulista vem negociando para que isso seja possível.

foto: Diogo Filippon/Prefeitura de Bento Gonçalves

Melhores da Superliga 2013/2014 deixa em aberto lugares na Seleção

Durante a entrega das taças e medalhas para as três melhores equipes da Superliga 2013/2014 também foram anunciados os prêmios individuais da competição por fundamento. Curiosamente, o Sesi-SP (vice-campeão) não teve nenhum atleta listado, porém não estamos aqui reclamando das escolhas feitas pela Confederação Brasileira de Vôlei, mas as estatísticas, as vezes, ignora alguns aspectos apresentados em quadra.

O Sada/Cruzeiro (campeão) viu William (levantador) e Leal (ataque) serem premiados. Também com dois jogadores aparece o Brasil Kirin/Campinas: Vini (saque) e Gustavão (bloqueio). Completam a lista, Rodrigo, do São Bernardo, (defesa) e Bruno Canuto, do Volta Redonda, (recepção).

“Eu tenho muito orgulho desse grupo. São jogadores batalhadores e humildes, acima de tudo, que não se contentam apenas em ganhar. Todos querem sempre fazer o melhor e crescer como grupo. É um orgulho vestir essa camisa e jogar em alto nível. Com 34 anos, ainda estou buscando o melhor da minha carreira. Eu estou muito feliz”, disse o levantador William. 

“Tento sempre dar o máximo de mim em quadra. Contar com a arquibancada lotada sempre fez a diferença. A torcida no Taquaral é incrível. Fico muito feliz em terminar a temporada com esse prêmio e, principalmente, o apoio do nosso torcedor”, afirmou o central Vini.

Aproveitando o clima de apontar os melhores, o Espaço do Vôlei cita dois jogadores que ainda não tiveram chance com Bernardinho. Quem sabe, podemos ter surpresas em breve nas próximas convocações visando a Liga Mundial. O ponteiro Filipe vem mostrando faz algumas temporadas que tem força no ataque e segurança no passe; o central Gustavão (treina em Saquarema com Rubinho) fez uma ótima Superliga e vem pedindo passagem. 

foto: Alexandre Arruda/CBV

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Bruninho deve ficar na Itália e frustra planos de Sesi-SP e Brasil Kirin

No último final de semana, o Modena, do levantador Bruninho, acabou derrotado pelo Macerata e foi eliminado nas semifinais do Campeonato Italiano. Mesmo não conseguindo levar a equipe para a decisão, o brasileiro recebeu inúmeros elogios da torcida e da diretoria do clube, tanto que já teria em mãos sua renovação para a temporada 2014/2015. A tendência é que ele continua na Europa, o que frustraria os planos de Sesi-SP e Brasil Kirin.

Antes mesmo da Superliga 2013/2014 iniciar, o Sesi-SP tentou a contratação de Bruninho, porém ele acabou seguindo no RJX, que em meio a temporada sofreu com a saída de patrocinadores. O clube paulista estaria disposto a investir no retorno do levantador da Seleção Brasileira para o país, porém ele está bem adaptado na Itália, tanto que existe até o interesse do Modena de levar o central Lucão para lá.

No caso do Brasil Kirin/Campinas, o coordenador da equipe, Maurício Lima, gostaria de ver Bruninho neste segundo ano com o novo patrocinador e teria um orçamento melhor para trabalhar. Porém, o salário alto do atleta teria assustado em um primeiro momento, tanto que outros nomes já estão sendo observados.

foto: Modena/Divulgação